Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Deputado do Tocantins compara números de Cuba com os do Brasil

Publicado

em

Redação JM Notícia

Deputado Zé Roberto Foto: Koró Rocha

Qualidade de vida dos cubanos em relação a dos brasileiros foi tema de debate levantado na Tribuna da Assembleia Legislativa pelo deputado estadual Zé Roberto Lula. Ele afirmou que o tema se fez necessário tendo em vista “alguns questionamentos” que tem recebido sobre a qualidade de vida dos cubanos em relação aos brasileiros, e a comparação entre o regime socialista cubano e a atual política de exclusão social do Brasil.

Zé Roberto Lula falou sobre os dados divulgados anualmente pela ONU – Organização das Nações Unidas, na qual no último censo apontou, que 92% da população de Cuba tem acesso a água tratada e enquanto isso no Brasil, esse índice não chega a 60% da população.

“Acesso a esgoto tratado, em Cuba 98% da população tem acesso e no Brasil não chega a 40%. E moradia também tem um dado interessante. 85% da população cubana tem casa própria, 15% aluga a casa do governo e paga no máximo dois dólares, ou seja, o equivalente à 6 reais por mês”, argumentou o deputado.

O desemprego, também foi tema levantado por Zé Roberto. “No Brasil passa de 13 milhões de brasileiros desocupados, enquanto o desemprego em Cuba é abaixo de 2%, o que o torna inexistente segundo os dados da ONU”, alertou.

No Turismo, o deputado colocou que, Cuba, mesmo sendo um país pequeno, recebe mais de 5 milhões de turistas por ano, enquanto o Brasil recebe apenas 4 milhões. “Na Educação, Cuba também é destaque: 99,8% da população tem acesso. Além disso, nos testes da América Latina, a nota média de aprovação dos estudantes de Cuba é quase o dobro da nota média de aprovação do nosso país”, informou.

O deputado concluiu sua fala lembrando as pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza, que por terem poucos números em Cuba, é um dado considerado inexistente. “É o único país que não existe desnutrição infantil, porque todas as crianças cubanas têm acesso a moradia, saúde e educação”, pontuou.

AGROTINS 2021

Últimas notícias

Brasil/Mundo12 horas atrás

Bolsonaro diz que vai vetar ‘passaporte sanitário’ para vacinados contra a Covid

Texto foi aprovado no Senado e seguirá para a Câmara dos Deputados

Brasil/Mundo2 dias atrás

Levantadora de pesos diz que a presença de atletas trans tornará o jogo olímpico “injusto”

Laurel Hubbard já competia nos campeonatos masculinos até que em 2013 se tornou mulher trans

Brasil/Mundo2 dias atrás

PM de Alagoas exonera subcomandante que defende Bolsonaro e ataca opositores nas redes sociais

Um dia após a exoneração, o militar publicou uma foto no Facebook e escreveu: "Entre o louco e o corrupto,...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Benjamin Netanyahu deixa o cargo de primeiro-ministro de Israel

Novo premiê foi eleito pelo parlamento israelense após acordos políticos

Brasil/Mundo3 dias atrás

Biden hasteia a bandeira LGBT na embaixada dos EUA no Vaticano e é criticado

Entre os críticos está o pastor Franklin Graham que entendeu a decisão como um desrespeito ao simbolismo religioso do Vaticano

Brasil/Mundo3 dias atrás

Mandato de Benjamin Netanyahu chega ao fim em Israel

É a primeira vez que o partido árabe Ra’am fará parte oficialmente do governo, que terá apoio de uma coalização...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Doria cumpre o que prometeu e multa Bolsonaro por andar sem máscara em ‘motociata’

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, também foram multados

Brasil/Mundo5 dias atrás

Vídeo: Pastor Wellington Júnior recebe forte profecia de que irá enfrentar muitos levantes

"Agora esse é o momento meu filho, em que tu às de assumir muitas responsabilidade na minha obra", disse a...

Brasil/Mundo5 dias atrás

Liminar ordena a suspensão da Lei do Aborto na Argentina por inconstitucionalidade

Ação movida por um cidadão resultado na liminar assinada na cidade de Mar del Plata

Brasil/Mundo6 dias atrás

Câmara aprova urgência para projeto que institui federações de partidos políticos

Pelo projeto, após registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), atuem como se fosse uma agremiação única