Conecte-se conosco

Política

Eduardo Cunha disse que apelará ao Papa para conseguir habeas corpus

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

Ex-presidente da Câmara, deputado cassado Eduardo Cunha, é acusado de facilitar a liberação de empréstimos

Através de uma nota, Eduardo Cunha declarou, ironicamente, que irá recorrer ao papa para ter seu pedido de habeas corpus julgado.

O ex-deputado federal questionou os interesses do ministro Edson Fachin de não mais pautar os pedidos de habeas corpus no Supremo Tribunal Federal.

“Apesar de ser evangélico e não acreditar que o papa é o representante de Deus na Terra, tenho de me render ao ditado popular e, quando não se tem mais a quem recorrer, recorra ao bispo ou ao papa. Como o papa é mais graduado, ficarei com ele.”

Na nota, ele afirma que Fachin agiu “como uma criança que perde e leva a sua bola para casa acabando com o jogo” pois a segunda turma do STF aceitou libertar José Dirceu, contrariando sua vontade.

“O ministro não pautou mais nenhum HC [habeas corpus] na turma. Ainda levou o HC de Palocci para o pleno do STF, sem pautá-lo, levando inclusive Palocci a impetrar um HC contra o próprio ministro Fachin pedindo julgamento”, escreveu Cunha que está preso desde outubro do ano passado, após ser condenado a 15 anos e quatro meses de prisão.

Querendo sua liberdade, Cunha alega que no seu caso estão dificultando o processo, retardando a instrução, não fazendo o pedido eletrônico – mas enviado via Correios – e demorando para enviar o processo ao Ministério Público.

“No meio do caminho, me impôs nova prisão, em decorrência da delação da JBS, sem qualquer prova da acusação feita contra mim, prisão aliás que já recorri e o relator também não pauta para deliberar.”

Cunha ainda cita as acusações da JBS, onde ele supostamente está recebendo para ficar em silêncio e diz que Fachin ajudou os donos da JBS a ficarem soltos por conta de uma amizade entre eles.

“Quando os senhores Joesley Batista e Ricardo Saud me procuraram para ajudar na aprovação do então candidato ao STF Edson Fachin, além da relação de amizade que declararam ter com ele, me passaram a convicção de que o país iria ganhar com a atuação de um ministro que daria a assistência jurisdicional de que a sociedade necessitava”, revela.

Para o ex-presidente da Câmara dos Deputados, por conta dessa amizade os donos da JBS “em apenas três dias conseguiram homologar um acordo vergonhoso, onde ficaram livres, impunes e ricos.”

Por fim, ele clama pelo “direito ao julgamento e não ser vítima de uma obstrução da Justiça a que todos os brasileiros têm direito” e recorrer ao papa para ser julgado.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo2 dias atrás

Israel fará testes com vacina em pílulas contra Covid-19

A vacina Oravax é projetada para atingir três proteínas estruturais do vírus, em vez da proteína de pico único direcionada...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Por não reconhecer Israel como país, judoca da Argélia se nega a lutar contra israelense

Para os islâmicos, enfrentar um atleta israelense é reconhecer o país e muitos se negam a fazê-lo

Brasil/Mundo2 dias atrás

Roberto Jefferson dispara contra embaixador da China no Brasil: “Pilantra que articula contra o governo”

No Twitter, Jefferson chamou o diplomata de “vagabundo que a China mandou para o Brasil”

finanças finanças
Brasil/Mundo2 dias atrás

62,5 milhões de brasileiros estão inadimplentes, aponta estudo da Serasa

Serasa realiza a ação "Limpa Nome" que permite negociar dívidas com até 99% de desconto

Brasil/Mundo2 dias atrás

Braga Netto desmente Estadão: “Desinformação que gera instabilidade”

Apesar da declaração do ministro da Defesa, o jornal mantém a reportagem no ar

Brasil/Mundo2 dias atrás

Bolsonaro assina projetos de lei em favor da família e contra o aborto

Em reunião com o Presidente da República Jair Bolsonaro nesta quarta-feira (21), o Ministério da Mulher, da Família e dos...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Ministro da Defesa quebra o silêncio e condiciona eleições de 2022 ao voto impresso

General Walter Braga Netto mandou recado para o presidente da Câmara, afirmando que as eleições de 2022 devem ser "auditáveis"...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Deputada Rosane Felix repudia desenho com ideologia de gênero e linguagem neutra da Netflix

"Ridley Jones – a Guardiã do Museu" tem um personagem não binário e uma família de múmias com dois pais

Brasil/Mundo3 dias atrás

Redes sociais terão emojis de homens grávidos

Homens trans são mulheres biológicas que fizeram a mudança de gênero

Brasil/Mundo4 dias atrás

Prouni 2021: MEC divulga resultado da primeira chamada

Pré-selecionados precisam apresentar documentos para comprovar informações