Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Escola cristã no Canadá é impedida de ensinar a Bíblia, livro foi considerado “homofóbico”

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

 

A escola cristã Cornerstone, am Alberta (Canadá), não poderá mais ensinar a Bíblia aos seus alunos, pois as autoridades do país consideram o Livro Sagrado como “homofóbico”.

A diretora da escola, Deanna Margel, foi comunicada pela residente da Divisão Escolar ‘Battle River’ (BRSD), Lauri Skori, de que as aulas com a Bíblia deveriam sessar, pois “qualquer Escritura que possa ser considerada ofensiva a indivíduos particulares não deve ser lida ou estudada na escola”.

Askori disse também que é inadequado compartilhar “qualquer ensinamento que possa condenar a orientação sexual de alguém”, se referindo aos trechos da Bíblia onde a prática homossexual é condenada.

Em sua defesa, a diretora do colégio declarou que a proibição da Bíblia fere a liberdade religiosa garantida. “Estamos falando de liberdade de religião, mas também estamos falando de liberdade de expressão”, declarou.

Margel também explicou a importância da Bíblia para a vida cristã. “Precisamos de cada uma das palavras para nos desafiar, para nos chamar a uma maior compreensão sobre a vida. Isso é muito importante”, declarou.

O jornal ‘National Post’ informou que no dia 15 de junho a escola e o aconselhou se reuniram para discutir o assunto, cerca de 50 pessoas participaram desse encontro que foi criticado pela presidente da BRSD.

“As ações da sociedade não só prejudicaram nosso relacionamento, mas colocaram nossos filhos, nossa equipe, nossa escola e nossa divisão escolar em perigo”, disse Skori contra a direção da escola.

Essa não é a primeira vez que ela tenta fazer a escola negar seus valores cristãos. No começo do ano Skori, através da sua divisão escolar, fez com que a passagem de 1 Coríntios 6:9-10 fosse removida do site da escola justamente por condenar a homossexualidade.

 

Escola terá ajuda jurídica da JCCF

Os advogados do Centro de Justiça para a Liberdade Constitucional (JCCF) foram procurados para defender a escola nesse processo.

O presidente da JCCF, John Carpay, escreveu uma carta de oito páginas apontando problemas nessa proibição imposta pela Divisão Escolar que ele considera “injustificada e irreal” sobre o ensino da Bíblia e outra linguagem importante para a identidade da Cornerstone.

“O dever de neutralidade do governo, exigido pelo Supremo Tribunal do Canadá, significa que um conselho escolar não pode determinar se os versículos da Torá, do Corão, do Novo Testamento ou do Guru Granth Sahib são aceitáveis”, afirmou ele.

Carpay declarou também que os curadores podem enviar seus filhos às escolas que se alinham com suas crenças ou convicções, mas “esses curadores não têm o direito de impor sua própria ideologia em escolas com as quais eles não concordam”.

Por e-mail, a BRSD respondeu que manteria sua decisão de impedir o ensino da Bíblia na escola cristã, pressionado a direção para não tentar recorrer da determinação. Com informações  CBN News.

AGROTINS 2021

Últimas notícias

Brasil/Mundo4 horas atrás

Estão abertas as inscrições para a 24ª edição do Prêmio Educador Nota 10

Neste ano, serão escolhidos 10 docentes como ganhadores

Brasil/Mundo7 horas atrás

Hungria apresenta lei que proíbe a promoção da homossexualidade para menores de 18 anos

O país tem adotado ações para proteger os valores tradicionais e a herança da nação de maioria cristã do ativismo...

Brasil/Mundo1 dia atrás

Bolsonaro diz que vai vetar ‘passaporte sanitário’ para vacinados contra a Covid

Texto foi aprovado no Senado e seguirá para a Câmara dos Deputados

Brasil/Mundo3 dias atrás

Levantadora de pesos diz que a presença de atletas trans tornará o jogo olímpico “injusto”

Laurel Hubbard já competia nos campeonatos masculinos até que em 2013 se tornou mulher trans

Brasil/Mundo3 dias atrás

PM de Alagoas exonera subcomandante que defende Bolsonaro e ataca opositores nas redes sociais

Um dia após a exoneração, o militar publicou uma foto no Facebook e escreveu: "Entre o louco e o corrupto,...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Benjamin Netanyahu deixa o cargo de primeiro-ministro de Israel

Novo premiê foi eleito pelo parlamento israelense após acordos políticos

Brasil/Mundo3 dias atrás

Biden hasteia a bandeira LGBT na embaixada dos EUA no Vaticano e é criticado

Entre os críticos está o pastor Franklin Graham que entendeu a decisão como um desrespeito ao simbolismo religioso do Vaticano

Brasil/Mundo3 dias atrás

Mandato de Benjamin Netanyahu chega ao fim em Israel

É a primeira vez que o partido árabe Ra’am fará parte oficialmente do governo, que terá apoio de uma coalização...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Doria cumpre o que prometeu e multa Bolsonaro por andar sem máscara em ‘motociata’

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, também foram multados

Brasil/Mundo6 dias atrás

Vídeo: Pastor Wellington Júnior recebe forte profecia de que irá enfrentar muitos levantes

"Agora esse é o momento meu filho, em que tu às de assumir muitas responsabilidade na minha obra", disse a...