Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Especialistas avaliam escolha do novo ministro da educação

Publicado

em

Especialistas avaliam escolha do novo ministro da educação

Abraham Weintraub assumiu o Ministério da Educação (MEC) nesta terça-feira (9), após a demissão do antigo gestor, Ricardo Vélez, no dia anterior. O novo empossado irá gerir as políticas educacionais quem orientam 184 mil escolas brasileiras e tem como formação a graduação em Economia pela Universidade de São Paulo (USP), o mestrado em Finanças pela Fundação Getúlio Vargas e a atuação como docente da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Diante da crise enfrentada pelo MEC, paralisado desde a posse do antigo ministro no início da gestão do Governo Federal, o gestor precisará aliar os conhecimentos de economia à habilidade de lidar com a política. O clima não é amistoso. Para isso, ele vai ter que trabalhar nas competências básicas de gestão para conseguir – usando a expressão dele – colocar a bola no chão e tocar para a frente. Sem uma equipe, cada um joga a bola para um lado e o país não avança”, sinaliza o professor universitário e especialista em Administração em Educação, Jailson Silva.

Na opinião do docente, o Ministério da Educação não precisa ser gerido por alguém que tenha vasta experiência na educação – no currículo descrito no Linkedin, inclusive, Weintraub atuou mais recentemente como diretor Executivo do Centro de Estudos em Seguridade (CES), sócio da Quest Investimentos e diretor da Corretora do Banco Votorantim. “É um grande preconceito achar que um financista não pode ser gestor da Educação. Até porque a grande crítica ao ministro anterior era o fato de que ele entendia pouco de gestão. O atual é um economista, administrador, um financista”, afirma Silva.

Especialista em Administração em Educação, Jailson Silva.

Para “iniciar” os trabalhos do MEC em 2019, o atual gestor já nomeou seis novos secretários: Antônio Paulo Vogel de Medeiros, na Secretaria Executiva; Rodrigo Cota, que será secretário-executivo adjunto; Arnaldo Barbosa de Lima Junior, responsável pela Secretaria de Educação Superior (SESU); Janio Carlos Endo Macedo, para a Secretaria de Educação Básica. Para a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior, foi escolhido Silvio José Cecchi. A Secretaria da Educação Profissional e Tecnológica será comandada por Ariosto Antunes Culau.

Carlos Monteiro, fundador e diretor presidente da CM Consultoria, especializada na área educacional, destaca as expectativas do setor privado para a Educação com a posse de Abraham Weintraub. “É esperado que o MEC dê condição para as instituições trabalharem e se desenvolverem, evite ao máximo enxurrada de leis, portarias e decretos comuns a todo governo”, sinaliza. Maior agilidade nos processos de andamento dos pedidos das instituições, quanto à criação e aos reconhecimentos de cursos, é outro ponto citado pelo especialista.

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo20 minutos atrás

Instituto faz campanha para promover reconstrução facial gratuita para quem sofre com o rosto desfigurado

A parceria entre o Instituto Mais Identidade e a UNIP visa devolver a autoestima e a esperança dos pacientes

Brasil/Mundo6 horas atrás

Ministério da Saúde suspende vacinação contra Covid-19 em adolescentes sem comorbidades

Jovens de 12 a 17 anos que tomaram a primeira dose NÃO devem tomar a segunda dose

Brasil/Mundo14 horas atrás

Governo Federal propõe programa habitacional mais barato e mudanças no Casa Verde Amarela

Os usuários contemplados poderão ter descontos acima de R$ 30 mil no valor final do imóvel

Brasil/Mundo1 dia atrás

Convenção CEADDIF se reúne para falar de discipulado

São mais de 4 mil pastores e pastoras, atuando em cerca de 200 ministérios

Brasil/Mundo1 dia atrás

Somos Futuro seleciona estudantes para bolsas integrais no ensino médio

Para participar do processo é preciso estar no 9º ano do Ensino Fundamental II em escola pública

Brasil/Mundo2 dias atrás

Habite Seguro: Bolsonaro lança programa habitacional para profissionais da segurança pública

Programa é para profissionais que ainda não possuem um imóvel com renda mensal de até R$ 7 mil

Brasil/Mundo2 dias atrás

Bolsonaro sanciona lei e 25 milhões de brasileiros terão conta de luz mais barata

A sanção presidencial visa simplificar a inscrição no programa Tarifa Social para que potenciais beneficiários sejam incluídos automaticamente

Brasil/Mundo3 dias atrás

Caetano Veloso perde ação judicial contra Marco Feliciano que o chamou de pedófilo

O juiz entendeu que o deputado federal exerceu o legítimo direito de liberdade de criticar

Brasil/Mundo3 dias atrás

Jornalista espanhol diz que Neymar tem contrato com o PSG para não falar de religião

O contrato oferece 6,5 milhões de euros para o jogador caso ele fique longe de polêmicas políticas e religiosas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Igrejas e templos religiosos estão isentos de pagar ICMS nas contas de água, luz, gás e telefonia

Governador Cláudio Castro sanciona lei com autoria de 16 deputados estaduais