Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Filipe Fernandes não aceita indicação de secretário feita pela Acipa

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

Para o vereador Filipe Fernandes (DC), a escolha do novo secretario de Desenvolvimento Econômico e Emprego de Palmas deve ser feito através de uma lista tríplice.

O parlamentar questionou durante a sessão ordinária da Câmara Municipal nesta terça-feira (6), a indicação feita na tarde desta segunda-feira (5) pelo presidente da Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa), que indicou o empresário Davi Gouvea para o cargo.

Fernandes foi um dos vereadores que mais se posicionaram contra o ex-secretário da Seden, Kariello Coelho, foi autor do pedido de afastamento apresentado para a prefeita Cinthia Ribeiro que, na semana passada, confirmou a exoneração de Coelho.

Além de parabenizar a prefeita por ter atendido ao pedido dos vereadores, Filipe Fernandes deixou claro que não tem problemas pessoais com Kariello Coelho e que suas críticas foram “única e exclusivamente administrativas”.

“Eu discordo das mazelas e da falta de respeito que o mesmo fez frente a esta secretaria. E eu quero dizer que a prefeita Cinthia está de parabéns, ela tirou uma pessoa que não estava cumprindo seu papel de desenvolver esta cidade economicamente, muito pelo contrário, ele estava atrasando esta cidade, não dito por mim, mas pelos comerciantes e empresários da cidade”.

Todavia, o vereador não vê a indicação feita pela Acipa com bons olhos e pede transparência para a escolha de um novo secretário.

“Sempre houve uma lista tríplice”, disse o vereador. “A lista deve ser construída em uma assembleia de consenso da Associação Comercial Industrial e eu não vejo essa atitude por parte da Acipa ainda, eu quero ver e até participar se me for permitido”.

Kariello Coelho também foi escolhido pela Acipa e o vereador entende que os comerciantes devem participar mais atividade dessa decisão. “Faço a defesa para que o nome que seja escolhida seja realmente representando pela classe”.

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo7 horas atrás

Governo anuncia empréstimo de até R$ 1 mil pelo aplicativo Caixa Tem

O aplicativo da Caixa é usado para pagar o Auxílio Emergencial

Brasil/Mundo8 horas atrás

Amor e inclusão: menina de oito anos grava aulas para ensinar Libras ao avô

Ao ver a dificuldade do avô Lourival, 79, Maria Eduarda deu uma verdadeira aula de empatia e generosidade

Brasil/Mundo1 dia atrás

Tempestade de areia assusta moradores do interior de São Paulo

A tempestade de poeira chegou a municípios também de Minas Gerais próximos do estado paulista.

Brasil/Mundo1 dia atrás

Reações da vacina contra a Covid-19 faz tenista francês desistir da temporada: “Me arrependi de ter tomado”

Aos 34 anos, ficar afastado dos treinos e jogos pode fazer com que ele se aposente mais cedo do que...

Brasil/Mundo1 dia atrás

Bolsonaro e Michelle testam negativo para Covid-19

O presidente não está vacinado e a primeira-dama se vacinou durante viagem aos EUA

Brasil/Mundo1 dia atrás

Jotta A volta a chocar seguidores ao postar foto seminu

O cantor deixou o mercado gospel e tem recebido muitas críticas na sua primeira música secular

Brasil/Mundo1 dia atrás

Entidades de Direito Religioso comentam decisão de Barroso que impede a entrada de missionários em tribos indígenas isoladas

Na semana passada, o ministro Barroso aceitou parcialmente ao pedido feito pelo PT contra os missionários em tribos indígenas

Bastidores4 dias atrás

Frente Evangélica emite nota de repúdio à decisão de Barroso sobre missionários em terra indígenas

Nota critica a decisão e chama ação de "ideologia anticristã"

Brasil/Mundo4 dias atrás

Comissão especial conclui votação da reforma administrativa

Proposta seguirá para análise no Plenário da Câmara; para ser aprovada, são necessários dois turnos de votação

Brasil/Mundo4 dias atrás

Espanha: Partido Socialista quer prender grupos pró-vida que atuam na porta de clínicas de aborto

Clínicas abortistas pressionam o governo espanhol para tonar as ações pró-vida “um crime de obstrução ao direito ao aborto”