Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Política

Frente Parlamentar Evangélica desmente matéria da Folha sobre crise com Bolsonaro

Jornal disse que evangélicos estão em crise com o presidente por uma possível troca de Mendonça por um candidato indicado pelo Centrão

Publicado

em

Uma reportagem do jornal Folha de São Paulo publicada neste domingo (10) afirma que líderes evangélicos estão em crise com o governo de Jair Bolsonaro por conta da indicação de André Mendonça ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Com o Senado barrando a marcação da sabatina, o presidente pode ter que indicar um novo nome. A reportagem diz que o Centrão é que quer escolher o indicado e que isso estaria causando “crise”.

A Frente Parlamentar Evangélica (FPE) emitiu uma nota desmentindo a reportagem, negando que haja qualquer crise entre os evangélicos e o presidente.

“Não existe crise entre os evangélicos e o governo do Presidente Bolsonaro, ao contrário do que informa a matéria. O chefe do governo é o Presidente da República, que foi democraticamente eleito”, diz a nota.

O texto também fala que cabe ao presidente escolher seus indicados aos STF e que foi o próprio Bolsonaro quem escolheu o ex-ministro da Justiça para ocupar a vaga deixada por Celso de Mello.

“O Presidente Bolsonaro, em diversas oportunidades, inclusive nos últimos dias, repetiu que a sua escolha é irretratável e que aguarda com confiança a deliberação do Senado Federal. Assim, qualquer ilação sobre suposta crise entre evangélicos e o Presidente da República, Jair Bolsonaro, não procedem. Tratando-se, portanto, de total inverdade, sem nenhuma lisura por parte daqueles que buscam apenas gerar instabilidades”, completa a nota.

PUBLICIDADE