Conecte-se conosco

Tocantins

Governo anuncia que a partir de outubro todos os servidores irão receber os salários no dia 1º

Publicado

em

Da redação

Comunicação aconteceu em reunião com os secretários de estado e presidentes de autarquias realizada na sala de reuniões do Palácio Araguaia. Foto: Divulgação

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, anunciou na noite desta quarta-feira, 4, que a partir de outubro, todos os servidores públicos passarão a receber o salário no primeiro dia útil do mês. A comunicação aconteceu em reunião com os secretários de estado e presidentes de autarquias realizada na sala de reuniões do Palácio Araguaia.

+ Em Belém, Carlesse apresenta programa de educação ambiental a governadores e ministros

“Isso é resultado das medidas de ajustes que tomamos. Foram decisões difíceis, mas necessárias para recuperar a saúde financeira do Estado. Cortamos despesas de todas as naturezas como aluguel de prédios, locação de carros, passagens, diárias, enfim! Tivemos que reduzir a folha de pagamento para buscar o enquadramento do Estado na Lei de Responsabilidade Fiscal. E os resultados estão aparecendo com as obras, com os hospitais funcionando melhor, e para os nossos servidores eu quero dizer que a partir deste próximo mês de outubro, todos irão receber os salários no 1º de cada mês”, afirmou o Governador.

Ainda na reunião com os secretários, o governador Mauro Carlesse assinou a Medida Provisória nº15, de 4 de setembro de 2019, e já publicada no Diário Oficial do Estado do mesmo dia, que altera a Lei 3.369 de 4 de julho 2018, possibilitando a inclusão dos instrumentadores cirúrgicos na Força-Tarefa de cirurgias eletivas que será amplificada nos próximos dias.

A reunião

Os trabalhos foram abertos pelo secretário-chefe da Casa Civil, Rolf Vidal, com orientações sobre procedimentos legais e administrativos e teve sequência com apresentações dos secretários da Fazenda e Planejamento, Sandro Henrique Armando, e da Administração, Edson Cabral.

O titular da Secretaria da Fazenda e Planejamento (Sefaz) apresentou números sobre a evolução da arrecadação e também demonstrou os dados de cortes de despesas realizados pelo Governo, que resultaram em uma diminuição de gastos com custeio na ordem de R$ 125 milhões no primeiro semestre. “Todas essas medidas de ajustes foram tomadas porque temos uma meta, o enquadramento do Estado na Lei de Responsabilidade Fiscal. Essa é a meta que é perseguida por nós todos os dias e estamos cada vez mais próximos de conseguir”, afirmou.

Já gestor da Secretaria da administração (Secad) apresentou dados sobre os gastos com folha de pagamento e orientou aos demais secretários sobre a impossibilidade de aumento de servidores no quadro de pessoal do Estado, devido a necessidade de o Tocantins chegar ao enquadramento na LRF. “Temos que pensar no Estado daqui a frente, não podemos planejar o futuro com a cabeça no Tocantins do passado. Temos que fazer mais com menos, otimizar custos, aproveitar melhor os talentos e fazer uso da tecnologia. Se for o caso, até fazer remanejamentos, mas nesse momento, não é possível acréscimo de pessoal”, frisou.

Após as apresentações, cada gestor utilizou a palavra para apresentação de relatório de ações e para discussão de temas comuns da administração. A reunião que teve início às 18 horas desta quarta-feira, foi finalizada às 0h20 desta quinta-feira, 5.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo2 dias atrás

ANAJURE defende liberdade do colégio batista notificado por vídeo contra a ideologia de gênero

"O vídeo em questão, ainda que expresse discordância quanto às teorias de gênero, não estimula qualquer conduta discriminatória", diz a...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Livro infantil enfrenta a ideologia de gênero: “Elefantes não são pássaros”

"O livro é uma repreensão absoluta à aceitação da transexualidade e ao número crescente de jovens que se identificam como...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Cursos profissionalizantes são aliados na busca pelo emprego

Evento on-line e gratuito vai debater a educação profissionalizante

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pandemia afetou o comportamento de responsáveis por crianças de até três anos em famílias de classe D

Isolamento e crise financeira trouxeram efeitos perversos da desigualdade nas classes mais baixas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Bolsa Família pode ter reajuste de 50% ou mais, diz ministro

Valores passarão a ser pagos a partir de novembro

Brasil/Mundo3 dias atrás

“O povo vai reagir em 2022 se não tivermos uma eleição democrática”, diz Bolsonaro

O presidente tem defendido a aprovação do projeto de lei pelo voto impresso auditável

Brasil/Mundo4 dias atrás

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da Lei Geral de Proteção de Dados também deve frear a oferta de crédito a...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Brasil ultrapassa marca de 60% da população vacinada com primeira dose contra Covid-19

São mais de 96 milhões de pessoas, das 160 milhões com mais de 18 anos, que receberam a primeira dose...

Brasil/Mundo6 dias atrás

Olimpíadas de Tóquio têm medalhas feitas por designer japonês

Junichi Kawanishi foi o vencedor de um concurso com 400 participantes

Brasil/Mundo6 dias atrás

Entidades e mais de 50 juristas assinam carta em defesa da indicação de André Mendonça ao STF

Texto mostra que um jurista evangélico também pode assumir uma cadeira na Suprema Corte