Conecte-se conosco

Tocantins

Governo do Tocantins entra para Consórcio de estados para compra de vacinas contra Covid-19

Governador Carlesse tem buscado várias alternativas para conseguir aumentar o número de vacinas no Estado, mais 1 milhão de doses devem beneficiar população

Publicado

em

O Governo do Tocantins tem empreendido todos os esforços para conseguir adquirir o maior número de doses de vacinas contra a Covid-19 e, com isso, acelerar o processo de imunização da população. Desde que os estados foram autorizados a realizar compras diretas, o governador Mauro Carlesse tem buscado apoio de outros países, a exemplo da Índia, e negociado, por meio de consórcios, a aquisição da vacina de fabricação russa Sputnik V.

Em mais uma frente, agora por meio do Consórcio Brasil Central (BrC), composto por Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Maranhão, Rondônia e o Tocantins, a Gestão Estadual está negociando com o Fundo Soberano Russo a compra, sem intermediários, de 28 milhões de doses da vacina Sputnik V. De acordo com informações do consórcio, a intenção é distribuir 2 milhões de doses para cada ente consorciado.

Diante do momento crítico em relação à pandemia que o país enfrenta, o Governador destaca a importância do consórcio no processo de aquisição de imunizantes e lembra que a compra compartilhada em escala já tem tido excelentes resultados. “Estamos bem avançados para concretizar a compra dessas vacinas e confiantes de que, logo, nossa população poderá receber este reforço nas doses. Acreditamos nisto, porque o consórcio já realiza compra compartilhada e tem tido destaque, pela considerável economia que gera aos estados e pela garantia de pagamento aos fornecedores. Vamos aguardar a aprovação pela Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária] para finalizar a transação e assinar o contrato”, assegura o governador Mauro Carlesse.

Além desta iniciativa, via Consórcio Brasil Central, o Tocantins já assinou Acordo de Fornecimento para aquisição de 1 milhão de doses da vacina Sputnik V, desta vez por meio do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal. O Governador também já encaminhou um ofício à Anvisa solicitando aval para o Estado realizar a compra excepcional do imunizante.

A compra de vacinas por parte do Governo do Tocantins vai complementar o Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19, do Ministério da Saúde, ampliando o número de pessoas imunizadas no Estado. Conforme previsto, a aquisição se dará em quatro etapas, sendo 250 mil doses ainda no mês de abril, 250 mil em maio, 250 mil em junho e as outras 250 mil em julho, totalizando 1 milhão de doses.

Estados já organizam logística

Enquanto é aguardada a autorização da Anvisa, os estados que integram o Consórcio já buscam se organizar para alinhar possível formato a ser adotado para distribuição e aplicação das vacinas.

Governadores já visitaram a fábrica Bthek Biotecnologia, instalada no polo de desenvolvimento JK em Santa Maria (DF), onde é produzido o Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) e finalizado o envasamento da Sputnik V. A unidade pertence ao grupo farmacêutico União Química, que se associou ao Fundo Russo, para a fabricação do imunizante contra a Covid-19.

Reunião com ministro

Além de participar efetivamente das ações do Consórcio Brasil Central e do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal, a Gestão Estadual também já esteve reunida com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em encontro virtual que ocorreu no mês passado. Na ocasião, o vice-governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, destacou a necessidade de se ampliar a quantidade de pessoas vacinadas no menor intervalo de tempo. O ministro reafirmou a meta, a curto prazo, de vacinar 1 milhão de pessoas por dia.

Apoio de outros países

Ainda tentando outros meios de conseguir mais imunizantes, para atender a população tocantinense, quando esteve em audiência com o embaixador da Índia, Shri Suresh, para discutir possíveis parcerias entre o Estado e o país asiático, o governador Carlesse aproveitou a oportunidade para sinalizar uma possível negociação para aquisição da vacina AstraZeneca, produzida pelo Instituto Serum, na Índia. Este é um dos imunizantes que têm sido distribuídos aos estados pelo Ministério da Saúde.

Doses recebidas

Até esta quinta-feira, 15, o Tocantins recebeu 296.100 doses de vacinas contra a Covid-19 do Ministério da Saúde. Na última sexta-feira, 9 de abril, data da última remessa enviada ao Estado, chegaram 25.850 doses, sendo 14.250 doses da vacina AstraZeneca e 11.600 da CoronaVac.

 

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo4 horas atrás

Tempestade de areia assusta moradores do interior de São Paulo

A tempestade de poeira chegou a municípios também de Minas Gerais próximos do estado paulista.

Brasil/Mundo4 horas atrás

Reações da vacina contra a Covid-19 faz tenista francês desistir da temporada: “Me arrependi de ter tomado”

Aos 34 anos, ficar afastado dos treinos e jogos pode fazer com que ele se aposente mais cedo do que...

Brasil/Mundo6 horas atrás

Bolsonaro e Michelle testam negativo para Covid-19

O presidente não está vacinado e a primeira-dama se vacinou durante viagem aos EUA

Brasil/Mundo6 horas atrás

Jotta A volta a chocar seguidores ao postar foto seminu

O cantor deixou o mercado gospel e tem recebido muitas críticas na sua primeira música secular

Brasil/Mundo8 horas atrás

Entidades de Direito Religioso comentam decisão de Barroso que impede a entrada de missionários em tribos indígenas isoladas

Na semana passada, o ministro Barroso aceitou parcialmente ao pedido feito pelo PT contra os missionários em tribos indígenas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Frente Evangélica emite nota de repúdio à decisão de Barroso sobre missionários em terra indígenas

Nota critica a decisão e chama ação de "ideologia anticristã"

Brasil/Mundo3 dias atrás

Comissão especial conclui votação da reforma administrativa

Proposta seguirá para análise no Plenário da Câmara; para ser aprovada, são necessários dois turnos de votação

Brasil/Mundo3 dias atrás

Espanha: Partido Socialista quer prender grupos pró-vida que atuam na porta de clínicas de aborto

Clínicas abortistas pressionam o governo espanhol para tonar as ações pró-vida “um crime de obstrução ao direito ao aborto”

Brasil/Mundo3 dias atrás

Ministério da Saúde volta a recomendar vacinação de adolescentes sem comorbidades

A imunização deve ser feita somente com a vacina da Pfizer, a única autorizada no Brasil para esse público

Brasil/Mundo3 dias atrás

Barroso atende pedido do PT e proíbe entrada de missionários em terras indígenas

Decisão vale para novos grupos de missões que queiram entrar em aldeias isoladas durante a pandemia