Conecte-se conosco

Tocantins

Governo nomeia escrivães e entrega viaturas para a Segurança Pública

Publicado

em

Governador Mauro Carlesse entregou 62 viaturas que vão reforçar o trabalho da Polícia Civil (Crédito foto: Aldemar Ribeiro/Governo do Tocantins)

A Polícia Civil do Tocantins (PC/TO) recebeu na manhã desta terça-feira, 13, mais um reforço para melhorar as condições de trabalho dos servidores e  fortalecer as ações de combate à criminalidade. Em evento realizado no Palácio Araguaia, o governador do Tocantins, Mauro Carlesse, entregou 62 novas viaturas  e assinou o ato de nomeação de 15 escrivães aprovados no último concurso da Polícia Civil, ocorrido em 2014. O ato de nomeação com os nomes dos escrivães será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça.

As viaturas, no valor total de  R$ 3.680.365,88, serão distribuídas para todas as unidades da PC/TO e são frutos de convênios entre os governos Estadual e Federal, bem como de emendas destinadas pela bancada federal do Tocantins à Segurança Pública estadual.  O convênio do Governo Federal foi efetivado por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça. 

Durante a solenidade, o governador Mauro Carlesse destacou o esforço da Gestão para que os profissionais da Segurança Pública tenham melhores condições de trabalho e reforçou que a nomeação dos novos escrivães só é possível porque o Estado está enquadrado dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). “Estamos conseguindo manter o Tocantins enquadrado na Lei e este esforço tem nos permitido fazer estas nomeações para que nossos policiais recebam um apoio de efetivo e melhore ainda mais o atendimento à população e o combate ao crime. Este pessoal, somado às 62 viaturas, vai melhorar muito o trabalho da nossa Polícia Civil”, enfatizou o governador. 

Representando o Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Tocantins (Sinpol-TO), o diretor jurídico Davi Domiciano, ressaltou a importância do esforço feito pelo Governo do Tocantins para melhorar a instituição. “A gente percebe um esforço do Governo no sentido de melhorar a Polícia Civil tanto na questão de equipamentos, quanto na questão de pessoal. Esta nomeação é um pedido constante do sindicato e das associações porque a gente sabe da deficiência no quadro. Esperamos que além desses benefícios venham outras melhorias para que a Polícia Civil continue atuando de maneira firme”, destacou.

Também presente no evento, a  presidente da Associação dos Escrivães de Polícia do Tocantins (AEP/TO), Priscila Bittar, fez questão de agradecer à Gestão Estadual. “Nós reconhecemos e agradecemos ao Governo porque, mesmo em meio a esta crise da pandemia, está colaborando conosco.Temos um déficit no quadro, servidores que estão afastados, e com certeza este pessoal vai ajudar muito, principalmente nas cidades do interior”, comemorou. 

Benefícios para o interior e valorização do servidor

Comemorando os novos veículos e servidores que chegarão ao interior, mais especificamente na região de Araguaína, a titular da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil, delegada  Ana Maria Varjal, afirmou que o resultado do comprometimento da Gestão com a instituição é demonstrado em números. “Em Araguaína, comemoramos mais de 50 dias sem homicídios, finalizamos 500 investigações de roubos e elucidamos 100% dos casos de desaparecimento na cidade. Estamos muito felizes e hoje notamos que está sendo reiterado o compromisso da Gestão com a melhoria da Polícia Civil”, ressaltou. 

Em sua fala, a delegada-geral da Polícia Civil, Raimunda Bezerra de Souza, afirmou ser um dia de festa para a Polícia Civil. “Agradecemos ao governador Carlesse por estar nos presenteando com dignidade. Estas novas viaturas que serão utilizadas pelos policiais e que beneficiam toda a sociedade oferecem dignidade a todos nós”, afirmou.

O secretário de Segurança Pública, Cristiano Sampaio, afirmou que a posse dos novos concursados vai  possibilitar que os policiais tenham  uma jornada de trabalho mais tranquila, o que valoriza o servidor. “Esta nomeação é uma iniciativa do Governo para ajudar a resolver a carência de efetivo, já que ocorreram muitas aposentadorias. Os novos servidores vão atender as nossas unidades do interior que estão sem escrivães, onde está ocorrendo revezamento. Com isso, também poderemos trazer alguns escrivães que já estão há algum tempo querendo vir para a Capital. Vamos dar uma movimentada e valorizar nosso efetivo policial”, explicou. 

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo11 horas atrás

Workshop sobre meio ambiente e astronomia recebe inscrições até 22/09

GLOBE Brasil 2021 é realizado pela Agência Espacial Brasileira (AEB); confira como participar

Brasil/Mundo13 horas atrás

Ministério Zoe retorna aos lançamentos com a canção “Se dê mais uma chance”

A faixa chega nas plataformas nesta quarta-feira (22) em todas as plataformas digitais

Brasil/Mundo19 horas atrás

Caixa Econômica anuncia redução de juros para Crédito Imobiliário Poupança Caixa

Banco alcançou a marca de R$ 300 bilhões contratados na atual gestão e segue como o maior financiador da casa...

Brasil/Mundo20 horas atrás

“Big Mouth”: Grupo pró-família denuncia desenho da Netflix por abuso sexual infantil

Grupo pede que autoridades investiguem se o programa viola as leis contra pornografia infantil

Brasil/Mundo21 horas atrás

MG terá investimento de R$ 5,2 bilhões em projetos de energia solar e híbrida

Companhia alemã investirá o valor na construção de três usinas de energia limpa, sendo duas solares e uma de fonte...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Hábitos que surgiram na pandemia e podem gerar sofrimentos psíquicos como ansiedade e depressão

Psicóloga e professora da UniAvan dá dicas para identificar quando um hábito se torna uma síndrome, como tratar e como...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Instituto faz campanha para promover reconstrução facial gratuita para quem sofre com o rosto desfigurado

A parceria entre o Instituto Mais Identidade e a UNIP visa devolver a autoestima e a esperança dos pacientes

Brasil/Mundo5 dias atrás

Ministério da Saúde suspende vacinação contra Covid-19 em adolescentes sem comorbidades

Jovens de 12 a 17 anos que tomaram a primeira dose NÃO devem tomar a segunda dose

Brasil/Mundo5 dias atrás

Governo Federal propõe programa habitacional mais barato e mudanças no Casa Verde Amarela

Os usuários contemplados poderão ter descontos acima de R$ 30 mil no valor final do imóvel

Brasil/Mundo5 dias atrás

Com mais de 400 mil fiéis no Brasil, Convenção CEADDIF se reúne para falar de discipulado

São mais de 4 mil pastores e pastoras, atuando em cerca de 200 ministérios