Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Hamas lança foguetes contra Israel que revida

País respondeu com ataques aéreos em Gaza e há pelo menos 20 mortos entre os palestinos,

Publicado

em

O Hamas disparou foguetes contra Israel nesta segunda-feira (10), a partir da Faixa de Gaza, após confrontos entre manifestantes palestinos e policiais israelenses em Jerusalém deixarem centenas de feridos nos últimos dias.

Segundo autoridades de saúde de Gaza, pelo menos 20 palestinos, incluindo nove crianças, morreram após a reação israelense.

O grupo que controla Gaza havia dado um ultimato a Israel para que retirasse as forças policiais na região da mesquita de Al Aqsa até as 18 horas (12 horas em Brasília) e disse que o ataque foi “em resposta à agressão do inimigo na cidade sagrada”.

Minutos após o término do prazo, sirenes de alerta soaram em Jerusalém e perto da fronteira de Gaza. Israel respondeu com ataques aéreos em Gaza e o revide causou as mortes, segundo a imprensa israelense.

Militares israelenses afirmaram que realizaram ataques contra grupos armados, lançadores de foguetes e postos militares em Gaza depois que militantes cruzaram o que o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, chamou de “linha vermelha”, atirando na área de Jerusalém pela primeira vez desde uma guerra em 2014.

Os disparos de foguetes e os ataques aéreos israelenses continuaram até tarde da noite, com os palestinos relatando fortes explosões perto da Cidade de Gaza e na faixa costeira. Pouco antes da meia-noite no horário local, os militares israelenses disseram que militantes palestinos tinham disparado cerca de 150 foguetes contra Israel, dos quais dezenas foram interceptados por seus sistemas de defesa antimísseis.

Quatro foguetes já haviam sido disparados da Faixa de Gaza em direção a Israel no domingo e mais três projéteis foram lançados nesta segunda, segundo militares israelenses.

Mas o Hamas não tinha assumido a autoria dos ataques. Mesmo assim, Israel já havia respondido ao ataque de domingo com tiros de tanques contra posições do grupo que controla Gaza.

O país também fechou a passagem de fronteira de Erez, a única que permite aos moradores de Gaza entrar em Israel.

Dia de Jerusalém

O ataque com mísseis e os confrontos entre palestinos e policiais israelenses em frente à mesquita de Al-Aqsa, na Esplanada das Mesquitas, ocorrem no “Dia de Jerusalém”.

A data do calendário hebraico celebra o dia em que Israel conquistou Jerusalém Oriental e a Cidade Velha, que abriga lugares sagrados muçulmanos, judeus e cristãos, em 1967.

O Dia de Jerusalém é feriado nacional em Israel e é uma data sempre carregada de tensão. Em 2021, ela coincide com o fim do Ramadã, o mês do jejum muçulmano.

Os confrontos têm ocorrido nos últimos dias na Cidade Velha, no complexo da mesquita de Al-Aqsa, que é conhecida pelos muçulmanos como Santuário Nobre e pelos judeus como Monte do Templo.

O local é considerado o mais sagrado do Judaísmo e o terceiro mais sagrado do Islã.

Centenas de feridos

Mais de 300 pessoas ficaram feridas e mais de 200 foram hospitalizadas na segunda-feira, segundo médicos palestinos. Desde o início dos confrontos, na sexta-feira (7), mais de 600 se feriram.

Os confrontos explodiram na sexta, após um grupo de palestinos ser impedido de entrar no complexo da mesquita Al-Aqsa.

Um grupo protestava após Israel anunciar que vai seguir com o despejo programado de dezenas de famílias palestinas no bairro Sheikh Jarrah, em Jerusalém Oriental.

Não houve protestos na praça no sábado (8) e no domingo (9), mas os confrontos entre palestinos e polícia israelense se espalharam para outras áreas de Jerusalém Oriental. Com informações G1

 

AGROTINS 2021

Últimas notícias

Brasil/Mundo16 horas atrás

PGR pede ao STF para rejeitar ações de Bolsonaro contra o lockdown

O presidente, através da AGU, entrou com uma ação contra o lockdown adotado em três estados: Pernambuco, Paraná e Rio...

Brasil/Mundo16 horas atrás

Rosa Weber suspende convocações de governadores à CPI da Pandemia

Ação movida por governadores alega que o Senado Federal não tem competência para julgar os chefes do Poder Executivo estaduais

Brasil/Mundo1 dia atrás

Revalida 2021: pedido de recursos para documentos indeferidos deve ser feito a partir de hoje

Provas da primeira etapa do exame serão aplicadas no dia 5 de setembro

Brasil/Mundo1 dia atrás

TSE vai adotar linguagem neutra em sua comunicação com os eleitores

Órgão lançou um guia sobre a adoção de formas neutras, abrangentes e representativas de tratamento, respeitando a identidade de gênero...

Brasil/Mundo1 dia atrás

Ditador da Coreia do Norte admite crise alimentar no país

As fronteiras fechadas para conter a covid-19 impediu o acesso de suprimentos agrícolas, além disso, a economia do país também...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Programa abre inscrições para capacitar mulheres negras para o mercado de trabalho

Finalistas poderão ser contratadas para estágios na Avon

Brasil/Mundo5 dias atrás

Lula enaltece Renan Calheiros e defende senador na CPI da Pandemia: “Não existe político perfeito”

Mais que amigos: O senador pode ser vice de Lula nas eleições presidenciais de 2022, segundo colunistas políticos de Alagoas

Brasil/Mundo5 dias atrás

Bolsonaro diz que filiação ao Patriotas “está quase certa”

Há uma ala da legenda que não quer permitir que o presidente e seu grupo político assumam o controle do...

Brasil/Mundo5 dias atrás

Estão abertas as inscrições para a 24ª edição do Prêmio Educador Nota 10

Neste ano, serão escolhidos 10 docentes como ganhadores

Brasil/Mundo6 dias atrás

Hungria apresenta lei que proíbe a promoção da homossexualidade para menores de 18 anos

O país tem adotado ações para proteger os valores tradicionais e a herança da nação de maioria cristã do ativismo...