Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Igreja Universal ressocializa 11 mil detentos no Brasil por meio de projeto

Avatar

Publicado

em

Da redação

Igreja investe na ressocialização de detentos. Foto: Reprodução

O programa social da Igreja Universal do Reino de Deus, o “Universal nos Presídios (UNP)]”, ajudou a ressocializar mais de 11 mil detentos no Brasil, em 2018. Este número, representa um crescimento de 120% do total alcançado em 2017, de acordo com o levantamento divulgado no ano passado.

Depois de ressocializados, a maioria dos egressos do sistema prisional se tornam voluntários do programa social. Hoje, eles representam cerca de 40 % dos 30 mil membros que a UNP tem em todo Brasil.

Claudete Brito é ex-presidiária e voluntária do UNP de São Luís do Maranhão. “A partir do momento que eu me permiti aprender, ouvir e colocar em prática o que me era ensinado pelos voluntários, comecei a mudar. O programa social me trouxe esperança, me deu razões para acreditar que era possível ser feliz e viver uma vida longe da criminalidade”, disse a ex-detenta.

+ Igreja Universal mobiliza milhares de voluntários para doação de sangue

+ Igreja Universal lança revista para líderes evangélicos do Brasil

Segundo a responsável do UNP feminino do estado, Volane Roque, uma das agentes ficou muito emocionada ao rever Claudete pela primeira vez na Unidade Prisional de Ressocialização Feminina de São Luís, onde ficou presa por quase três anos. “Os funcionários do local sabem o quanto é difícil o processo de ressocialização. Além de oferecer oportunidades como cursos profissionalizantes, é preciso ajudar o detento a abandonar a mente de criminoso”, explicou Volane.

A UNP existe há mais de 30 anos e desenvolve trabalhos em 1.359 unidade. Mais de 500 mil detentos foram beneficiados apenas no ano passado. Os familiares deles, agentes penitenciários e demais funcionários também foram alcançados pela UNP, ultrapassando 1 milhão de beneficiados.

O programa oferece cursos profissionalizantes, atendimento médico, odontológico e jurídico, café da manhã na porta das unidades para os familiares que visitam os presos, cestas básicas, livros e informativos, sempre com o objetivo de ressocializar os detentos e prestar apoio aos familiares.

(Com Unicom)

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo14 horas atrás

Juiz cita ‘discriminação religiosa’ e nega pedido para afastar secretário responsável por Lei Rouanet

“É um claro ato de discriminação religiosa, como bem ressaltou o juiz Itagiba Catta Preta”, afirmou.

Brasil/Mundo15 horas atrás

Ex-secretário de Comunicação é acusado de mentir na CPI da Pandemia

Renan Calheiros chegou a pedir a prisão em flagrante de Wajngarten, que falava na condição de testemunha

Brasil/Mundo15 horas atrás

Prouni: estudantes têm até hoje (13) para entregar documentos e não perder a vaga

Documentação precisa ser apresentada à instituição de ensino a qual o candidato pretende estudar

Brasil/Mundo2 dias atrás

Presidente de Convenção dispara criticas contra pastor por ordenar mulheres ao pastorado

A igreja criticada por JD Greear é a igreja fundada pelo pastor Rick e Kay Warren

Brasil/Mundo2 dias atrás

Líderes negros denunciam racismo sistêmico na principal clínica de aborto dos EUA

Democratas e republicanos assinam o documento que mostra que mais negros são mortos pelo aborto, mesmo sendo minoria no país

Brasil/Mundo2 dias atrás

Hamas ataca Israel com mais de 1.000 foguetes e cria caos em várias cidades

Conflitos geraram várias mortes de israelenses e de palestinos e aumentam a tensão entre os países do Oriente Médio

Brasil/Mundo2 dias atrás

Em Curitiba, Marcha para Jesus acontecerá no próximo sábado (15) em formato de carreata

O grupo entregou ao prefeito a camiseta da marcha que neste ano tem como tema o versículo bíblico “Agora, pois,...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Sugestão Legislativa quer tornar crime ensino da ideologia de gênero nas escolas

Senadores devem discutir se a sugestão é constitucional

Brasil/Mundo3 dias atrás

Hamas lança foguetes contra Israel que revida

País respondeu com ataques aéreos em Gaza e há pelo menos 20 mortos entre os palestinos,

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pastor diz que “igreja brasileira deixou de ser preparada para a perseguição”

Para o pastor Geremias Coutro, é necessário que a igreja volte a tratar do assunto com a máxima urgência.

Publicidade