Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Política

INSS: Câmara de Colmeia aprova PL de Baixinho da Tecsat para prova de vida domiciliar

O projeto vai beneficiar idosos com dificuldades de locomoção que sofrem para ir até uma agência para receberem benefícios sociais

Publicado

em

O vereador Baixinho da Tecsat apresentou um projeto de lei na Câmara Municipal de Colmeia (TO) para que a prova de vida dos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) impossibilitados de irem até uma agência seja feita em domicílio.

A Câmara aprovou o projeto e agora o texto segue para sanção do prefeito Joctã. Se sancionada, a lei permitirá que aposentados e pensionistas do INSS recebam visita de agentes do órgão para conseguir manter o benefício.

Para ter direito ao atendimento domiciliar, o beneficiário do INSS terá que ter problemas graves de saúde e de locomoção, o que justificaria a não possibilidade de ir até uma agência.

Para comprovar essa impossibilidade, será necessário possuir um atestado médico atualizado descrevendo o que impede o beneficiário se locomover.

Na visão do vereador Baixinho da Tecsat, os idosos do município poderão contar com essa comodidade e respeito, evitando assim as dificuldades comuns que essas pessoas enfrentam para fazer prova de vida.

O senhor Rangel, gerente do banco do Brasil, esteve presente na sessão e na oportunidade, agradeceu o parlamentar pela maneira que conduziu o projeto por meio do diálogo e que está feliz e disposto a por em prática o que é um direito dos idosos.

PUBLICIDADE