Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

Jotta A revela que sofreu ameaças de morte após se assumir homossexual

O ex-cantor gospel promete trabalhar muito pela comunidade LGBTQ+, principalmente pelas mulheres trans, travestis e drag queens

Publicado

em

O ex-cantor gospel Jotta A, 23 anos, passou a receber ameaças de morte depois de se declarar homossexual.
Há alguns dias, o programa “A Tarde É Sua”, da Rede TV, falou sobre a polêmica, dizendo que o jovem passou a receber muitas ameaças e mensagens de ódio.

O programa procurou o cantor para falar sobre o assunto, mas ele disse que não está preparado para comentar sobre isso.

O ex-cantor gospel também declarou que está fazendo tratamento psicológico para superar os ataques que sofreu e também para poder continuar com sua carreira na música.

Jotta A se assumiu homossexual no ano passado, em junho deste ano ele fez uma postagem pelo Dia do Orgulho LGBTQ+ prometendo trabalhar muito pela comunidade, principalmente pelas mulheres trans, travestis e drag queens. Na mensagem, o jovem cantor diz que trará novidades em breve. “Em breve vocês me conhecerão”.

Todas as fotos do perfil do cantor foram apagadas. Há apenas duas publicações no Instagram, uma pelo dia do Orgulho Gay, em 28 de junho, e outra do dia 30 de junho onde ele tatua a palavra “Courage” [Coragem] no pescoço para “marcar a nova era”.

PUBLICIDADE