Conecte-se conosco

Política

Juan Guaido jurou diante de Deus para assumir a presidência da Venezuela

Publicado

em

Da redação

O líder da oposição venezuelana Juan Guaido declarou-se presidente interino em um discurso desafiador na quarta-feira contra a massas de manifestantes que saíram às ruas para exigir a renúncia do presidente Nicolas Maduro.

Depois de desafiar o governo de Maduro, Guaido imediatamente obteve reconhecimento do governo Trump, que disse que usaria todo o peso do poder econômico e diplomático dos Estados Unidos para promover a restauração da democracia na Venezuela.

Erguendo sua mão direita em união com dezenas de milhares de partidários, Guaido, o novo presidente do congresso controlado pela oposição, fez um juramento simbólico diante de Deus para assumir os poderes executivos que ele diz terem direito sob a Constituição venezuelana e assumir a presidência. . Até que novas eleições possam ser chamadas.

“Que caia o principado maligno na Venezuela”; pastores brasileiros apoiam mudança

“Hoje, 23 de janeiro de 2019, eu juro assumir formalmente os poderes do executivo nacional como presidente encarregado da Venezuela”, disse ele à multidão que estava diante de uma tribuna adornada com o brasão nacional da Venezuela.

Guaido, de 35 anos, disse que estava dando um passo politicamente arriscado duas semanas depois de Maduro ter feito seu juramento para um segundo mandato de seis anos, confiante de que essa seria a única maneira de resgatar a Venezuela da “ditadura” e restaurar a ordem constitucional

“Sabemos que isso terá consequências”, ele gritou, momentos antes de dirigir a multidão em uma interpretação dramática do hino nacional da Venezuela. “Para conseguir essa tarefa e restaurar a constituição, precisamos do acordo de todos os venezuelanos”.

A declaração veio como dezenas de milhares de manifestantes tomaram as ruas na quarta-feira, acusando Maduro de apoiar o poder usurpador e exigindo a demitir-se como o país se recupera de uma crise econômica esmagadora que obriga milhões de pessoas a fugir ou passar fome .

Grandes multidões de manifestantes se reuniram em Caracas agitando bandeiras e gritando “Saia Maduro!” Naquela que foi a maior manifestação desde uma onda de tumultos que deixou mais de 120 mortos em 2017.

Os manifestantes pró-governo vestidos de vermelho para apoiar Maduro também marcharam na capital, às vezes cruzando caminhos com manifestantes da oposição e gritando “esgotados” e “traidores”. Guardas nacionais dispararam gás lacrimogêneo contra manifestantes anti-governo no meio do bairro de classe de El Paraíso, mas a maior parte das marchas continuou sem conflito.

Nas últimas duas noites, os venezuelanos se irritaram com espiral hiperinflação do seu país, e a escassez de alimentos e medicamentos conheceu nas ruas batendo panelas e frigideiras e criação de barricadas em protesto. Na cidade de San Felix, moradores incendiaram uma estátua do mentor e antecessor de Maduro, o falecido Hugo Chávez.

Com informações Mundo Cristiano

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo7 horas atrás

Governo anuncia empréstimo de até R$ 1 mil pelo aplicativo Caixa Tem

O aplicativo da Caixa é usado para pagar o Auxílio Emergencial

Brasil/Mundo8 horas atrás

Amor e inclusão: menina de oito anos grava aulas para ensinar Libras ao avô

Ao ver a dificuldade do avô Lourival, 79, Maria Eduarda deu uma verdadeira aula de empatia e generosidade

Brasil/Mundo1 dia atrás

Tempestade de areia assusta moradores do interior de São Paulo

A tempestade de poeira chegou a municípios também de Minas Gerais próximos do estado paulista.

Brasil/Mundo1 dia atrás

Reações da vacina contra a Covid-19 faz tenista francês desistir da temporada: “Me arrependi de ter tomado”

Aos 34 anos, ficar afastado dos treinos e jogos pode fazer com que ele se aposente mais cedo do que...

Brasil/Mundo1 dia atrás

Bolsonaro e Michelle testam negativo para Covid-19

O presidente não está vacinado e a primeira-dama se vacinou durante viagem aos EUA

Brasil/Mundo1 dia atrás

Jotta A volta a chocar seguidores ao postar foto seminu

O cantor deixou o mercado gospel e tem recebido muitas críticas na sua primeira música secular

Brasil/Mundo1 dia atrás

Entidades de Direito Religioso comentam decisão de Barroso que impede a entrada de missionários em tribos indígenas isoladas

Na semana passada, o ministro Barroso aceitou parcialmente ao pedido feito pelo PT contra os missionários em tribos indígenas

Bastidores4 dias atrás

Frente Evangélica emite nota de repúdio à decisão de Barroso sobre missionários em terra indígenas

Nota critica a decisão e chama ação de "ideologia anticristã"

Brasil/Mundo4 dias atrás

Comissão especial conclui votação da reforma administrativa

Proposta seguirá para análise no Plenário da Câmara; para ser aprovada, são necessários dois turnos de votação

Brasil/Mundo4 dias atrás

Espanha: Partido Socialista quer prender grupos pró-vida que atuam na porta de clínicas de aborto

Clínicas abortistas pressionam o governo espanhol para tonar as ações pró-vida “um crime de obstrução ao direito ao aborto”