Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Kátia Abreu declara gastos de R$ 4,180 milhões para campanha suplementar

Publicado

em

Por Aline Sêne

Kátia Abreu declara gastos de R$ 4,180 milhões para campanha suplementar

Os cinco candidatos ao governo do Estado, que não foram para o segundo turno, somam um gasto de campanha de R$ 6,9 milhões. Kátia Abreu (PDT), que lidera em despesas, declarou à Justiça Eleitoral um gasto de R$ 4,180 milhões; em segundo lugar está Carlos Amastha (PSB), com R$ 2,4 milhões.

A menor despesa registrada foi a do candidato Marcos Souza (PRTB), R$ 12 mil. Nas prestações de contas consta uma dívida de campanha de R$ 1,452 milhão, referente a três candidatos.

Kátia arrecadou R$ 3,984 milhões, mas gastou R$ 4,180 milhões, sendo que deste valor
pagou R$ 3,780 milhões, ficando uma dívida de R$ 400 mil. Por meio de nota, la respondeu que o montante será pago pelo PDT nacional, com recursos do Fundo Partidário. Sobre ser a candidata que teria gasto mais, Kátia frisou: “não sei se fui a que mais gastei, tenho minhas dúvidas, ou se fui a mais transparente”.

Amastha registrou o segundo maior gasto, porém declarou a maior dívida de campanha, R$ 887,9 mil. O candidato arrecadou R$ 1,599 milhão, mas gastou R$ 2,403 milhões, sendo que pagou desse montante R$ 1,515 milhão. “Ainda falta essa  transferência de recurso por parte do PSB, pois o recurso do Fundo Partidário não foi liberado integralmente. E a legislação permite que seja feito o pagamento nos próximos dias e é o que faremos”, disse Amastha.

Outro candidato que também declarou dívida de campanha foi Márlon Reis, um débito de R$ 164,6 mil. Conforme sua prestação de contas, ele arrecadou R$ 141,3 mil, mas gastou R$ 248,7 mil, sendo que desse valor pagou R$ 84 mil. A assessoria do candidato explicou que o Rede nacional irá pagar a dívida nos próximos dias e que os prestadores de serviço já foram avisados sobre o pagamento.

Os candidatos Mário Lúcio Avelar (Psol) e Marcos Souza não contabilizaram dívida de campanha. Os dois tiveram os menores gastos, Souza R$ 12 mil e Avelar, R$ 101,6 mil.
Os candidatos Mauro Carlesse (PHS) e Vicentinho Alves (PR) vão prestar após o 2º
turno.

Arrecadação
Avelar bancou os gastos da própria campanha. Já Souza colocou recurso próprio e
contou com a doação dos três filhos, um total de R$ 8 mil.

No caso da Kátia Abreu, a maior doação foi do seu candidato a vice, Marco Antônio Costa (PSD), que doou R$ 2,370 milhões, mais de 50% do recurso total arrecadado.
Amastha usou R$ 612,8 mil de recurso próprio, mas a maior doação recebida até agora
foi do seu partido, R$ 900 mil. Com informações Jornal do Tocantins

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo2 dias atrás

Israel fará testes com vacina em pílulas contra Covid-19

A vacina Oravax é projetada para atingir três proteínas estruturais do vírus, em vez da proteína de pico único direcionada...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Por não reconhecer Israel como país, judoca da Argélia se nega a lutar contra israelense

Para os islâmicos, enfrentar um atleta israelense é reconhecer o país e muitos se negam a fazê-lo

Brasil/Mundo2 dias atrás

Roberto Jefferson dispara contra embaixador da China no Brasil: “Pilantra que articula contra o governo”

No Twitter, Jefferson chamou o diplomata de “vagabundo que a China mandou para o Brasil”

finanças finanças
Brasil/Mundo2 dias atrás

62,5 milhões de brasileiros estão inadimplentes, aponta estudo da Serasa

Serasa realiza a ação "Limpa Nome" que permite negociar dívidas com até 99% de desconto

Brasil/Mundo2 dias atrás

Braga Netto desmente Estadão: “Desinformação que gera instabilidade”

Apesar da declaração do ministro da Defesa, o jornal mantém a reportagem no ar

Brasil/Mundo2 dias atrás

Bolsonaro assina projetos de lei em favor da família e contra o aborto

Em reunião com o Presidente da República Jair Bolsonaro nesta quarta-feira (21), o Ministério da Mulher, da Família e dos...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Ministro da Defesa quebra o silêncio e condiciona eleições de 2022 ao voto impresso

General Walter Braga Netto mandou recado para o presidente da Câmara, afirmando que as eleições de 2022 devem ser "auditáveis"...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Deputada Rosane Felix repudia desenho com ideologia de gênero e linguagem neutra da Netflix

"Ridley Jones – a Guardiã do Museu" tem um personagem não binário e uma família de múmias com dois pais

Brasil/Mundo3 dias atrás

Redes sociais terão emojis de homens grávidos

Homens trans são mulheres biológicas que fizeram a mudança de gênero

Brasil/Mundo4 dias atrás

Prouni 2021: MEC divulga resultado da primeira chamada

Pré-selecionados precisam apresentar documentos para comprovar informações