Conecte-se conosco

Política

Kátia Abreu propõe CNH gratuita para todos e fim da obrigatoriedade de autoescola

Publicado

em

Parlamentar argumenta que preço para conseguir habilitação é altíssimo e exclui pessoas de baixa renda

A senadora Kátia Abreu (PDT-TO) defendeu na tribuna do Senado, nesta terça-feira (11), o fim da autoescola obrigatória e a gratuidade da Carteira Nacional de Habilitação para todos os brasileiros acima de 18 anos. A parlamentar é autora de projeto (PL 6485) sobre o tema, que atualmente tramita na Comissão de Constituição e Justiça da Casa.

A proposta, na visão da senadora, dará acesso a milhões de brasileiros que hoje não têm condições de pagar pela habilitação – em alguns estados chega a custar R$ 3 mil. Kátia Abreu lembrou que atualmente, no Brasil, 84 milhões de pessoas acima de 18 anos não possuem CNH, enquanto o número de pessoas habilitadas para dirigir não chega a 74 milhões.

+ No Senado, Kátia Abreu critica juros abusivos e defende o fim do cheque especial

“E eu pergunto: essas pessoas não têm a CNH simplesmente porque não querem ou é por não terem condições de pagar? Hoje 52 milhões de brasileiros recebem menos de um salário mínimo. Como pagarão pela carteira? Sendo que 70% do valor vão para as autoescolas e 30% para os Detrans estaduais”, questionou.

Ao mesmo tempo em que propõe o fim da obrigatoriedade da autoescola, o projeto prevê que a prova para que a pessoa obtenha a CNH seja ainda mais rigorosa do que é hoje. O futuro motorista terá duas opções para se capacitar para a prova: a tradicional, procurando a autoescola, ou através do Instrutor Independente, figura criada pela proposta. Poderá se cadastrar para ser instrutor independente pessoa com mais de três anos de habilitação e com idade superior a 25 anos. O veículo utilizado será devidamente identificado.

“Com isso, se eu quiser ensinar meus filhos ou netos a dirigir poderei me inscrever, adaptar as regras e me tornar instrutora respeitando as normas estabelecidas.  Da forma como é hoje, pessoas de baixa renda dificilmente conseguirão tirar habilitação. Ter acesso a CNH melhora até a situação de quem busca por um emprego, que terá maiores chances por ter o documento”, explica  

AGROTINS 2021

Últimas notícias

Brasil/Mundo2 dias atrás

Vídeo: Pastor Wellington Júnior recebe forte profecia de que irá enfrentar muitos levantes

"Agora esse é o momento meu filho, em que tu às de assumir muitas responsabilidade na minha obra", disse a...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Liminar ordena a suspensão da Lei do Aborto na Argentina por inconstitucionalidade

Ação movida por um cidadão resultado na liminar assinada na cidade de Mar del Plata

Brasil/Mundo3 dias atrás

Câmara aprova urgência para projeto que institui federações de partidos políticos

Pelo projeto, após registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), atuem como se fosse uma agremiação única

Brasil/Mundo3 dias atrás

Taxa de empreendedorismo no Brasil cai mais de 18% durante a pandemia

De acordo com o relatório da GEM 2020, o número de empreendedores iniciais motivados por necessidade saltou de 37,5% para...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Dória ameaça multar Bolsonaro se ele não usar máscara em evento em SP

O presidente deve se encontrar com 100 mil motociclistas na capital paulista

Brasil/Mundo3 dias atrás

Servidor do TCU que forjou relatório questionando mortes por Covid-19 é afastado do cargo

Relatório foi divulgado pelo presidente que precisou se desculpar pelo erro

Brasil/Mundo3 dias atrás

“Tem uma espécie de cristianismo do mal no Brasil”, diz ministro Barroso

Ministro é contra o voto impresso e falou sobre as críticas que recebe nas redes sociais

Brasil/Mundo4 dias atrás

STF decide na quinta-feira se Brasil terá Copa América

Enquanto há ações movidas contra a Copa América, jogos Pan-Americano de Ginástica Artística aconteceram sem alarde

Brasil/Mundo5 dias atrás

Educação e cultura digital são temas de debates virtuais promovidos pela FGV

Participação é gratuita; programação vai até amanhã (9)

Brasil/Mundo5 dias atrás

Relatório do UNICEF sugere que pornografia “nem sempre” é prejudicial para crianças

Documento diz que 39% das crianças espanholas ficaram felizes ao terem contato com conteúdo pornográfico