Conecte-se conosco

Política

Kátia Abreu vota a favor e Senado aprova projeto que regulariza vaquejadas

Publicado

em

Kátia Abreu vota a favor e Senado aprova projeto que regulariza vaquejadas

A senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) votou nesta terça-feira (14) favoravelmente à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que permite a realização das vaquejadas, após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) contra a prática. O plenário do Senado aprovou a medida, que segue agora para a Câmara dos Deputados.

A proibição imposta pelo Supremo causou enorme prejuízo para todo o país. A vaquejada gera em torno de um milhão de empregos diretos e indiretos. Hoje aprovamos uma mudança na Constituição que permite a prática, mas sem maus-tratos. Parabéns a todos os vaqueiros do Brasil”, afirmou a senadora.

Kátia Abreu destacou a cadeia produtiva movimentada em torno da vaquejada, que engloba produtores de ração e feno, vaqueiros, tratadores, produtores de couro, artesãos que fazem selas e arreios. Também estão envolvidos produtores de festas, ambulantes, donos de haras e empresas de leilões.

Com a aprovação da PEC da Vaquejada (PEC 50/2016), não serão consideradas cruéis as práticas desportivas que utilizem animais, desde que sejam manifestações culturais previstas na Constituição e registradas como integrantes do patrimônio cultural brasileiro. A condição para isso é que sejam regulamentadas em lei específica que garanta o bem-estar dos animais.

Em novembro de 2016 a vaquejada ganhou status de manifestações da cultura nacional e foi elevada à condição de patrimônio cultural imaterial do Brasil devido a um projeto aprovado pelo Congresso Nacional.

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo5 horas atrás

Caixa Econômica anuncia redução de juros para Crédito Imobiliário Poupança Caixa

Banco alcançou a marca de R$ 300 bilhões contratados na atual gestão e segue como o maior financiador da casa...

Brasil/Mundo6 horas atrás

“Big Mouth”: Grupo pró-família denuncia desenho da Netflix por abuso sexual infantil

Grupo pede que autoridades investiguem se o programa viola as leis contra pornografia infantil

Brasil/Mundo8 horas atrás

MG terá investimento de R$ 5,2 bilhões em projetos de energia solar e híbrida

Companhia alemã investirá o valor na construção de três usinas de energia limpa, sendo duas solares e uma de fonte...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Hábitos que surgiram na pandemia e podem gerar sofrimentos psíquicos como ansiedade e depressão

Psicóloga e professora da UniAvan dá dicas para identificar quando um hábito se torna uma síndrome, como tratar e como...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Instituto faz campanha para promover reconstrução facial gratuita para quem sofre com o rosto desfigurado

A parceria entre o Instituto Mais Identidade e a UNIP visa devolver a autoestima e a esperança dos pacientes

Brasil/Mundo4 dias atrás

Ministério da Saúde suspende vacinação contra Covid-19 em adolescentes sem comorbidades

Jovens de 12 a 17 anos que tomaram a primeira dose NÃO devem tomar a segunda dose

Brasil/Mundo4 dias atrás

Governo Federal propõe programa habitacional mais barato e mudanças no Casa Verde Amarela

Os usuários contemplados poderão ter descontos acima de R$ 30 mil no valor final do imóvel

Brasil/Mundo5 dias atrás

Com mais de 400 mil fiéis no Brasil, Convenção CEADDIF se reúne para falar de discipulado

São mais de 4 mil pastores e pastoras, atuando em cerca de 200 ministérios

Brasil/Mundo5 dias atrás

Somos Futuro seleciona estudantes para bolsas integrais no ensino médio

Para participar do processo é preciso estar no 9º ano do Ensino Fundamental II em escola pública

Brasil/Mundo5 dias atrás

Habite Seguro: Bolsonaro lança programa habitacional para profissionais da segurança pública

Programa é para profissionais que ainda não possuem um imóvel com renda mensal de até R$ 7 mil