Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Líderes evangélicos: igreja aberta conforta espírito durante pandemia

Publicado

em

Fieis encontram em igrejas sem culto, mas abertas, ajuda espiritual para momento difícil. Foto:Reprodução

Diferentes lideranças religiosas defendem que a Justiça erra ao pedir o fechamento dos templos em meio à pandemia global do coronavírus. A igreja é um serviço essencial pelo apoio religioso que oferece num momento tão delicado, obedecendo, é claro, a algumas orientações, como evitar aglomerações e respeitar a distância de pelo menos um metro entre as pessoas.

Mas este não é o momento de proibir a atuação das entidades religiosas. É durante as crises que as pessoas mais precisam de aconselhamento e apoio psicológico e as igrejas fazem esse papel melhor do que o Estado. Esse é o diagnóstico de líderes religiosos de várias vertentes.

Diante da proibição de realizar missas e cultos em São Paulo e Rio de Janeiro, algumas igrejas apostam em transmissões online para não desamparar os fiéis, mas garantem que os templos vão permanecer abertos ao público que necessitar de atendimento espiritual.

A própria Itália, que está diante de situações mais crítica, limitou a entrada de fiéis, mas não mandou as igrejas fecharem as portas. São poucos os países que vetaram, completamente, a entrada de fiéis — Turquia, Bulgária, Cazaquistão. A maior parte restringe a quantidade de fiéis nas cerimônias — veja a lista abaixo.

A Igreja Universal do Reino de Deus adotou algumas medidas, como limitar o acesso das pessoas aos templos, oferecer álcool em gel ou sabão para lavar as mãos e evitar contatos físicos. Mas afirmou que, se necessário, vai ampliar o número de reuniões para atender a todos. Também recomendou que pessoas com mais de 60 anos fiquem em casa. Os cultos serão online e pela TV.

O pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia, vai suspender os cultos. No entanto, garantiu que vai ampliar o horário de funcionamento das igrejas, de segunda a sexta-feira das 9h às 21h. Ele fará transmissões via internet de cultos sem público e reuniões de ensino. “Igreja é hospital de Deus para as áreas espiritual e emocional e atendimento aos aflitos”, justificou.

O arcebispo Metropolitano de São Paulo, cardeal dom Odilo Scherer, acredita que é preciso deixar as igrejas abertas e seguir orientação do papa Francisco, que reabriu templos em Roma. “Foi o que a igreja sempre fez no passado, em momentos de crise e angústia”, ressaltou.

Algumas precauções são adotadas também pela Igreja Católica como confissões em local ventilado, adoção de uma distância conveniente e uso de máscaras protetoras “sem prejuízo da atenção prestada e à discrição necessária”.

A Unigrejas (União Nacional das Igrejas e Pastores Evangélicos) afirmou que as autoridades brasileiras precisam compreender “que a Igreja é aquele lugar onde muitas pessoas chegam desesperadas, em busca de uma ajuda urgente”.

Em nota, o presidente da Unigrejas, Bispo Eduardo Bravo, explica que “as igrejas reacendem a esperança na população, sentimento crucial neste momento para que as pessoas não se sintam desesperadas, em pânico”. Por isso, continua o Bispo, “é preciso manter os templos e espaços religiosos abertos, mesmo que reduzido número de cultos e limitando a frequência” (leia o comunicado ao final do texto).

Em comunicado, a Ibasp (Igreja Batista Alemã de São Paulo) decidiu suspender todas as atividades presenciais pelo menos até o dia 31, “independentemente do dia da semana ou do tamanho do grupo”. A Ibasp pretende fazer transmissões via Facebook aos domingos.

A Catedral Anglicana de São Paulo fará celebrações online pelo Facebook, Instagram e na TV aos domingos em três horários. A mensagem é de que se “evite ir até a igreja por motivo de saúde pública”.
Com as devidas precauções, é possível garantir o atendimento espiritual aos fiéis e, ao mesmo tempo, evitar a propagação do coronavírus.

Veja a situação das igrejas pelo mundo:

Suíça — Não permite fazer reuniões e parte das igrejas está com as portas fechadas.

Holanda — Até agora, é permitido fazer reuniões para até 100 pessoas, sempre e quando as pessoas possam ficar a distância mínima de 1,5m entre si.

Malta — As cerimônias estão proibidas, mas as igrejas seguem abertas. Os fiéis podem entrar para o seu momento de oração.

Cabo Verde — Cultos, missas e cerimônias religiosas estão suspensos, mas as igrejas continuam abertas.

Bélgica — Quarentena continua, a polícia controla as ruas para as pessoas não as pessoas saírem sem necessidade e os mercados já não aceitam dinheiro em pagamento, só cartão, uma vez que o dinheiro é transmissor do novo coronavírus.

As igrejas, porém, podem abrir, mas não podem fazer cerimônias. Os fiéis podem entrar, um de cada vez, para fazer suas orações.

Guadalupe — As reuniões estão vetadas, mas as igrejas e templos seguem abertas. Durante o dia, as pessoas podem entrar para fazer a sua oração.

França — As restrições seguem rígidas no país, mas as igrejas podem permanecer abertas, desde que sem cerimônias e aglomeração de pessoas. Os fiéis entram e saem num intervalo médio de 5 minutos. A polícia tem visitado algumas igrejas.

Suécia — Estão permitidos cultos, missas e cerimônias religiosas com até 500 pessoas, desde que respeitada a distância de 1 metro entre as pessoas.

Noruega — Todos os eventos religiosos foram cancelados.

Luxemburgo — Não é permitido fazer reuniões e as portas estão fechadas. A polícia pode aplicar multas se os templos abrirem.

Finlândia — Igrejas seguem abertas e a lei permite reunir até 10 pessoas.

Chipre — Igrejas estão abertas e podem receber até 75 pessoas nas reuniões.

Itália — As igrejas estão abertas até às 18h, mas o governo limitou a entrada de pessoas a 2 por vez (dependendo do tamanho da igreja, somente uma por vez). Os fiéis têm até 5min para ficar dentro do templo.

Turquia — governo mandou fechar todas as igrejas.

Guiné-Bissau — Não permite fazer reuniões, mas as portas da igrejas ficam abertas para os membros fazerem suas orações.

Portugal — Não é permitido culto, mas não mandaram fechar as Igrejas, salvo em alguns locais.

Alemanha — Eventos religiosos não estão autorizados, mas o governo não mandou fechar as igrejas.

Bulgária — Não é permitido nenhum tipo de aglomeração de pessoas e as igrejas estão fechadas.

Bielorrússia — Não tem nenhuma providência tomada até agora. Não tem nenhum evento cancelado. As igrejas continuam a funcionar, assim como escolase faculdades.

Cazaquistão — As igrejas não podem fazer cerimônias e receber pessoas. As reuniões com os fiéis estão sendo feitas pela internet.

Ucrânia — Em Kiev e nas cidades vizinhas, o governo proibiu juntar as pessoas e fazer reunião, mas as portas das igrejas podem ficar abertas. Nas outras cidades, as cerimônias religiosas estão limitadas a até 10 pessoas .

Lituânia — Não se poder fazer cultos, mas a igreja está aberta para as pessoas fazerem as suas orações individuais.

Armênia — As portas das igrejas estão abertas e o governo permitiu juntar grupos de até 20 pessoas.

Moldávia — Está proibido fazer reuniões, mas não tem um veto de as pessoas entrarem na igreja para fazer suas orações individualmente.

Rússia — As reuniões são limitadas a até 50 pessoas, mas as portas seguem abertas desde que os fiéis sigam as recomendações de higiene. Há uma sugestão das autoridades para cerimônias online.

Romênia — Em estado de alerta, o governo mandou fechar as portas de todas as igrejas, sendo vetadas reuniões. Porém, ainda é permitido fazer reuniões ao ar livre com no máximo 100 pessoas com distância de 1 metro.

Inglaterra — Mesmo com o alerta vermelho, as portas das igrejas estão abertas para dar assistência às pessoas. As reuniões estão proibidas.

Letônia — As igrejas não podem fazer cultos ou missas, mas estão abertas.

Estônia — As igrejas não podem fazer cultos, mas podem ficar abertas.

Hungria — Não houve proibição de cerimônias religiosas, desde que seja no máximo com 10 pessoas. As igrejas estão abertas.

Polônia — Todas as igrejas podem ficar abertas, só não podem fazer cerimônias com fiéis.

(Com R7)

AGROTINS 2021

Últimas notícias

Brasil/Mundo2 dias atrás

Vídeo: Pastor Wellington Júnior recebe forte profecia de que irá enfrentar muitos levantes

"Agora esse é o momento meu filho, em que tu às de assumir muitas responsabilidade na minha obra", disse a...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Liminar ordena a suspensão da Lei do Aborto na Argentina por inconstitucionalidade

Ação movida por um cidadão resultado na liminar assinada na cidade de Mar del Plata

Brasil/Mundo3 dias atrás

Câmara aprova urgência para projeto que institui federações de partidos políticos

Pelo projeto, após registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), atuem como se fosse uma agremiação única

Brasil/Mundo3 dias atrás

Taxa de empreendedorismo no Brasil cai mais de 18% durante a pandemia

De acordo com o relatório da GEM 2020, o número de empreendedores iniciais motivados por necessidade saltou de 37,5% para...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Dória ameaça multar Bolsonaro se ele não usar máscara em evento em SP

O presidente deve se encontrar com 100 mil motociclistas na capital paulista

Brasil/Mundo3 dias atrás

Servidor do TCU que forjou relatório questionando mortes por Covid-19 é afastado do cargo

Relatório foi divulgado pelo presidente que precisou se desculpar pelo erro

Brasil/Mundo3 dias atrás

“Tem uma espécie de cristianismo do mal no Brasil”, diz ministro Barroso

Ministro é contra o voto impresso e falou sobre as críticas que recebe nas redes sociais

Brasil/Mundo4 dias atrás

STF decide na quinta-feira se Brasil terá Copa América

Enquanto há ações movidas contra a Copa América, jogos Pan-Americano de Ginástica Artística aconteceram sem alarde

Brasil/Mundo5 dias atrás

Educação e cultura digital são temas de debates virtuais promovidos pela FGV

Participação é gratuita; programação vai até amanhã (9)

Brasil/Mundo5 dias atrás

Relatório do UNICEF sugere que pornografia “nem sempre” é prejudicial para crianças

Documento diz que 39% das crianças espanholas ficaram felizes ao terem contato com conteúdo pornográfico