Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

Maior rede de lojas de departamentos do Brasil deixa de anunciar na Rede Globo

Publicado

em

A Havan, maior rede de lojas de departamentos do Brasil, informa que também está suspendendo todas as propagandas que passavam nos programas jornalísticos Bom Dia Brasil, Jornal Hoje, Jornal Nacional, Jornal da Globo e nos programas Malhação e Caldeirão do Huck. Há dois dias, a rede de supermercados Condor, do Paraná, e outras empresas, já haviam comunicado a mesma decisão. “Não compactuamos com o jornalismo ideológico e também não concordamos com algumas programações da rede Globo, e estávamos sendo cobrados pela sociedade e pelos nossos clientes para tomarmos uma decisão”, declara o empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan. 

Hang enfatiza que, “enquanto esses programas prestarem um desserviço à nação e não contribuírem em nada com a educação e com o desenvolvimento do Brasil, sendo contra os valores da família brasileira, não voltaremos a anunciar neles”. Para o empresário, que nunca escondeu seu descontentamento com a Globo, inclusive com posts em suas redes sociais alusivos ao tema, a mídia tem que incentivar o otimismo e a confiança no Brasil. “Só assim voltaremos a ter um País em desenvolvimento, gerando os empregos que o Brasil tanto precisa”, afirma.

As eleições do ano passado mostraram que a grande maioria dos brasileiros quer mudanças. “As urnas deixaram isso bem claro. Queremos um País novo, uma nova forma de fazer política, que contemple o crescimento do Brasil. É o momento de somarmos forças para fazer o País crescer”, alerta.  O empresário informa, em comunicado que está em todas as suas redes sociais, que, por enquanto, ainda manterá suas publicidades nas afiliadas e jornais locais, “que ainda informam a sociedade de uma forma mais isenta e conservadora”.

“Entendemos que o setor empresarial tem que ter a coragem e a responsabilidade, e isso está acontecendo,  de não aceitar o errado como verdadeiro. Juntos vamos mudar o nosso País. O Brasil que queremos, só depende de nós”, enfatiza. Para o empresário é necessário se posicionar contra tudo que fere os interesses da nação. Por isso, tomou a medida de retirar a publicidade da Globo nos programas citados.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo12 horas atrás

Motivação de estudantes aumentou com retorno das aulas presenciais, diz pesquisa

Na opinião de pais, 87% dos filhos que frequentam as aulas presenciais se sentem mais animados

Brasil/Mundo1 dia atrás

Governo de Rondônia proíbe ‘linguagem neutra’ nas escolas

Os professores e instituições poderão ser punidos se não obedecerem

Brasil/Mundo1 dia atrás

Moraes determina prisão preventiva e extradição de Allan dos Santos

Blogueiro bolsonarista é alvo do inquérito que apura a divulgação de notícias falsas

Brasil/Mundo2 dias atrás

Covid-19: 20 milhões de brasileiros estão com a segunda dose da vacina atrasada

Índice de pessoas completamente vacinadas contra a doença já teria passado dos 80% do público-alvo, caso não houvesse atraso na...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Governo Federal anuncia o Auxílio Brasil de R$ 400 até o final de 2022

O número de beneficiários será ampliado em relação ao Bolsa Família e deve chegar a 16,9 milhões de famílias

Brasil/Mundo3 dias atrás

Inscrições para cursos gratuitos do Google encerram nessa sexta (22/10)

As capacitações são na área de tecnologia e começam nesse ano

Brasil/Mundo4 dias atrás

Censura: Instagram retira ‘recurso de links’ de perfis conservadores

Internautas falam de perseguição política e tentativa de censura

Brasil/Mundo4 dias atrás

Lego anuncia brinquedos sem gênero para influenciar crianças “contra o preconceito”

Para a marca, acabar com o “estereótipos nocivos” vai ajudar as crianças a não serem preconceituosas

Publicidade