Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Tocantins

Ministério Público denuncia homem acusado de jogar santinhos na frente de colégio em eleição suplementar

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

Caso é tratado como propaganda eleitoral irregular

O Ministério Público Eleitoral ofereceu denúncia em desfavor de João Carlos Lima Neto, conhecido como Patiu, acusado de crime de propaganda eleitoral irregular por lançar diversas propagandas eleitorais partidárias (santinhos) em frente a uma escola da zona rural da cidade de peixe. A ação foi flagrada em 03 de junho, no dia da votação para eleição suplementar no Estado.

Segundo consta nos autos, João Carlos Lima prestava serviços como colaborador eleitoral do candidato Mauro Carlesse, quando testemunhas oculares o flagraram, a bordo de um veículo, arremessando na via pública vários santinhos do candidato ao governo do Estado, inclusive na frente de uma escola onde ocorreu a votação.

Para o Promotor da 20ª Zona Eleitoral, Mateus Ribeiro, há indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva, podendo ser afirmado que o acusado praticou o ato popularmente conhecido como boca de urna, crime previsto no artigo 39, § 5º, inciso III, da Lei 9.504/97.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo15 horas atrás

Governo Federal anuncia o Auxílio Brasil de R$ 400 até o final de 2022

O número de beneficiários será ampliado em relação ao Bolsa Família e deve chegar a 16,9 milhões de famílias

Brasil/Mundo1 dia atrás

Inscrições para cursos gratuitos do Google encerram nessa sexta (22/10)

As capacitações são na área de tecnologia e começam nesse ano

Brasil/Mundo2 dias atrás

Censura: Instagram retira ‘recurso de links’ de perfis conservadores

Internautas falam de perseguição política e tentativa de censura

Brasil/Mundo3 dias atrás

Lego anuncia brinquedos sem gênero para influenciar crianças “contra o preconceito”

Para a marca, acabar com o “estereótipos nocivos” vai ajudar as crianças a não serem preconceituosas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Por reclamarem de banheiro coletivo unissex, Joana Prado e Vitor Belford perdem patronício

A empresa foi pressionada por internautas para romper contrato com o casal; usuários da rede alegam de "transfobia"

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pesquisa aponta profissão de professor como a mais confiável entre a população

Foram ouvidos de 19 mil entrevistados com idades entre 16 e 74 anos em diferentes países

Brasil/Mundo3 dias atrás

Auxílio Emergencial pode ser prorrogado até 2023 com valor de R$ 250

Prorrogação deve ser feita devido a demora na aprovação do Auxílio Brasil no Congresso Nacional

Brasil/Mundo4 dias atrás

Psicóloga Marisa Lobo comenta sobre Round 6: “banaliza a perversidade”

A série tem recebido críticas em vários países do mundo

Publicidade