Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Ministro Fux condena citação bíblica no plenário do STF

o advogado-Geral da União, ministro André Mendonça, se manifestou contra o fechamento de igrejas e templos durante a pandemia e chegou a afirmar que os cristãos estão dispostos a morrer pela religião, em referência ao risco de contágio ao participar de aglomerações em templos religiosos.

Publicado

em

Por Alexandre Garcia

O julgamento no STF sobre a realização ou não de missas e cultos de forma presencial durante a pandemia de Covid-19 foi interrompido nesta quarta-feira (7). Lembrando que o inciso VI do art 5º, que é uma cláusula pétrea, garante a livre manifestação de crença e culto religioso.

O ministro Gilmar Mendes, obviamente, votou contra a abertura desses locais. Já o advogado-Geral da União, ministro André Mendonça, se manifestou contra o fechamento de igrejas e templos durante a pandemia e chegou a afirmar que os cristãos estão dispostos a morrer pela religião, em referência ao risco de contágio ao participar de aglomerações em templos religiosos.

Durante o julgamento, o advogado Luiz Gustavo Pereira da Cunha fazia sua sustentação oral no julgamento do PTB citou uma passagem bíblica do Novo Testamento para sustentar o seu argumento: Lucas 23, versículo 34, quando Jesus Cristo pregado na cruz  afirma “pai, perdoa-lhes, pois eles não sabem o que fazem”. O PTB acompanha a ação na condição de “amigo da Corte”.

Para quem não se deu conta, existe um crucifixo fixado na parede principal do plenário do Supremo. Ele fica sobre a cabeça do presidente da Corte, que hoje é Luiz Fux. Aliás, o mesmo ministro que terminou o discurso quando tomou posse na presidência do STF falando em hebraico “Deus seja louvado”.

Embora Fux seja judeu, ele se manifestou contra a citação da bíblia pelo advogado para sustentar um argumento jurídico. Ele disse repugnar a citação pois a fala de Jesus é referente aos “que se omitem diante dos males” e não é isso que o Supremo está fazendo. Pelo jeito, Fux não entende só do Velho Testamento, mas também do Novo.

Segundo Fux, “Nossa missão como juízes constitucionais, além de guardar a constituição, é lutar pela vida e pela esperança. Eu repugno essa invocação graciosa da lição de Jesus”, declarou o presidente do STF.

A votação será retomada nesta quinta-feira (8). Há uma expectativa muito grande em torno do assunto porque parece que os ministros do STF estão divididos nessa questão. O julgamento envolve religião e quando isso acontece a coisa fica séria.

Porque o direito a ter crença é um direito fundamental previsto na Constituição e só é permitido modificar isso durante o estado de sítio, ou estado de defesa, que é pedido pelo presidente da República e aprovado pelo Congresso e não por meros decretos municipais e estaduais.

Com informações https://www.gazetadopovo.com.br

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo17 horas atrás

MEC destina R$344,6 milhões às instituições federais

Os recursos serão aplicados em custeio e manutenção das instituições e, também, direcionados ao Programa Nacional de Assistência Estudantil

Brasil/Mundo20 horas atrás

Filho de 16 anos da cantora Walkyria Santos se suicida após sofrer ataques no TikTok

Lucas Santos foi alvo de homofobia no TikTok após gravar vídeo fingindo que iria beijar um amigo da escola

Brasil/Mundo21 horas atrás

E-Cidadania: Senado quer saber se brasileiros desejam voto impresso auditável

Votações na enquete não interferem na decisão do relator que, neste caso, é o senador Humberto Costa (PT-PE)

Brasil/Mundo2 dias atrás

Escritora norte-americana comenta personagem trans em Muppet Babies: “Conduzem crianças à disforia de gênero”

Candence Owens publicou trecho do desenho onde a personagem Piggy encontra um sapato de cristal e Gonzo então se apresenta...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Símbolo satânico: Coleção especial do All Star traz um pentagrama

Novidade tem gerado grande polêmica não apenas no Brasil, mas também nos EUA com várias pessoas criticando a marca

Brasil/Mundo2 dias atrás

Violência psicológica contra a mulher passa a ser crime no Brasil

O crime pode ocorrer por meio de ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, chantagem, ridicularização e outros

Brasil/Mundo2 dias atrás

Após protestos em todo Brasil pelo voto impresso auditável, TSE mira Bolsonaro e abre inquérito

Barroso rebateu as declarações do presidente Jair Bolsonaro, sem mencioná-lo, e voltou a garantir que o processo eletrônico é seguro. 

Brasil/Mundo2 dias atrás

ADENOM se prepara para realizar a 13ª Conferência de Avivamento e Missões em Novo México – Vila Velha

A Igreja fica na rua Rosa de Ouro, número 470- em frente a praça do bairro.

Brasil/Mundo3 dias atrás

Sisu 2021.2: inscrições começam nessa terça (03)

Programa disponibiliza vagas de graduação em universidades públicas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Manifestação pelo voto impresso lota Avenida Paulista

O deputado federal Eduardo Bolsonaro esteve no evento e falou ssobre a perseguição política contra conservadores; Assista