Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

Morre aos 96 anos Orlando Rubem Ritter, pioneiro da educação adventista no Brasil

Publicado

em

Pastor Orlando Ritter (Foto: Arquivo do Centro de Memória Adventista / Centro White)

Devido à falência múltipla de órgãos como consequência de uma pneumonia, faleceu na noite de sábado, 27, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, o pastor e educador Orlando Rubem Ritter. Conhecido por suas contribuições à Educação Adventista e ao pioneirismo no estudo e divulgação do criacionismo no Brasil, deixa a esposa, Edda, quatro filhos, oito netos e quatro bisnetos.  

Ritter, que tinha 96 anos, dedicou 60 deles ao ensino e ajudou a formar gerações de profissionais que serviram e ainda servem à Igreja Adventista do Sétimo Dia. Seu pai, o pastor e administrador Germano Ritter, “transferiu” para o filho a paixão pela educação. O patriarca ajudou a fundar instituições como o Instituto Adventista Paranaense (IAP) e o hoje Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Hortolândia, e levou o filho em muitas de suas viagens a trabalho.  

+ Igreja Adventista contribui com frente parlamentar contra pedofilia

Foi em 1938 que Orlando tornou-se aluno do Colégio Adventista – que quatro anos depois viria a ser rebatizado como Colégio Adventista Brasileiro (CAB) –, hoje Unasp, campus São Paulo. Permaneceu ali durante 67 anos, passando de estudante a professor, onde também assumiu diversos cargos administrativos. 

Em 1944, iniciou seus estudos em Matemática na Universidade de São Paulo (USP) com o objetivo de lecionar no CAB, atividade que desempenhou até o final do ano de 2003. Ritter também despertou o interesse de diversas pessoas pelo criacionismo. No ano de 1950, introduziu no curso de Teologia da instituição as disciplinas Astronomia e Geologia Criacionista, que posteriormente foram reunidas e ficaram conhecidas como Ciência e Religião. Ele escreveu um material didático específico sobre o assunto: a apostila “Estudos em Ciência e Religião”. 

Legado 

A influência de Ritter levou ao estabelecimento da própria SCB, que hoje está em seu 48º ano de atividade. Sua autobiografia, intitulada O Professor, foi lançada pela Casa Publicadora Brasileira (CPB) e explora não apenas sua trajetória, mas o desenvolvimento da própria Educação Adventista no País. 

Sobre seu falecimento, diversos amigos e ex-alunos utilizaram as redes sociais para lamentar a perda de “um grande educador”, como classificou um internauta. Entidades como o Unasp e a Sociedade Criacionista Brasileira também se manifestaram. “A Educação Adventista nasceu pela inspiração divina, mas avançou através de mestres dedicados. O professor Orlando Ritter foi um desses”, destacou o doutor Martin Kuhn, reitor da instituição à qual Ritter dedicou quase 70 anos de sua vida.  

“Inteligentíssimo. Sábio. Muito culto. Devo muito a ele. Só na eternidade para avaliar sua influência na minha vida”, expressou outro internauta.  

“O professor Ritter foi um baluarte que defendeu e promoveu a filosofia educacional adventista não apenas de forma teórica, mas muito prática. Ao ser diretor da Faculdade de Educação, prezou por princípios bíblicos, qualidade acadêmica, excelência, sempre frisando que ensinamos não só pela fala, mas pelo exemplo”, sublinha o pastor Edgard Luz, diretor da Educação Adventista para oito países sul-americanos. 

Para ele, o trabalho de Ritter tinha o objetivo de mostrar que a educação não é um princípio teórico, mas prático, que se leva para a vida. Luz ainda destaca que o educador formou outros líderes em sua própria casa, a exemplo de seu filho e seu neto, que também se dedicam a dar continuidade a esse legado. “A Educação Adventista tem uma gratidão muito grande a esse pioneiro que manteve o foco em preparar pessoas de maneira física, mental e espiritual”, reforça.  

Leia mais detalhes da biografia de Ritter aqui

(Com Adventistas)

https://www.jmnoticia.com.br/2020/06/29/lideres-evangelicos-do-tocantins-contestam-projeto-do-ministro-fachin-sobre-abuso-de-poder-religioso/
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo2 dias atrás

Motivação de estudantes aumentou com retorno das aulas presenciais, diz pesquisa

Na opinião de pais, 87% dos filhos que frequentam as aulas presenciais se sentem mais animados

Brasil/Mundo3 dias atrás

Governo de Rondônia proíbe ‘linguagem neutra’ nas escolas

Os professores e instituições poderão ser punidos se não obedecerem

Brasil/Mundo3 dias atrás

Moraes determina prisão preventiva e extradição de Allan dos Santos

Blogueiro bolsonarista é alvo do inquérito que apura a divulgação de notícias falsas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Covid-19: 20 milhões de brasileiros estão com a segunda dose da vacina atrasada

Índice de pessoas completamente vacinadas contra a doença já teria passado dos 80% do público-alvo, caso não houvesse atraso na...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Governo Federal anuncia o Auxílio Brasil de R$ 400 até o final de 2022

O número de beneficiários será ampliado em relação ao Bolsa Família e deve chegar a 16,9 milhões de famílias

Brasil/Mundo4 dias atrás

Inscrições para cursos gratuitos do Google encerram nessa sexta (22/10)

As capacitações são na área de tecnologia e começam nesse ano

Brasil/Mundo5 dias atrás

Censura: Instagram retira ‘recurso de links’ de perfis conservadores

Internautas falam de perseguição política e tentativa de censura

Brasil/Mundo6 dias atrás

Lego anuncia brinquedos sem gênero para influenciar crianças “contra o preconceito”

Para a marca, acabar com o “estereótipos nocivos” vai ajudar as crianças a não serem preconceituosas

Publicidade