Destaque

Bispos assembleianos são homenageados pelo governador Perillo

O governador Marconi Perillo homenageou, na tarde desta quarta-feira (03/05) os bispos Abigail Carlos de Almeida (Assembleia de Deus – Ministério Fama), e Oídes José do Carmo (Assembleia de Deus – Ministério Madureira), que foram ordenados a bispos durante a realização da 39ª Assembleia Geral Ordinária  da Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil – Ministério de Madureira (CONAMAD), no último dia 22 de março, em São Paulo.

Marconi afirmou que o encontro promovido no Palácio das Esmeraldas com dezenas de membros da Assembleia de Deus era para homenagear os bispos pela ordenação recebida, e também para agradecê-los pelo trabalho social que realizam de combate à criminalidade e de prevenção ao suicídio. Ele esteve acompanhado da primeira-dama Valéria Perillo.

“O bispo Abigail Carlos é uma das pedras fundamentais na edificação da Assembleia de Deus em Goiás. Foi um homem que semeou a boa semente em todo o Estado, e agora colhe essa homenagem por mais esse sacerdócio que tanto o honra. E o Pastor Oídes, que começou há mais de 40 anos em Palmeiras de Goiás e Palminópolis, dedicou sua vida à edificação da obra de Deus”, ressaltou.

Ele destacou já ter ajudado a construir mais de 100 igrejas católicas e evangélicas em Goiás, ressaltando a importância do trabalho social realizado pela Assembleia de Deus, um trabalho que auxilia e complementa as ações sociais do Governo Estadual. Afirmou que as igrejas, ao recrutarem os jovens para suas atividades, fazem um trabalho de prevenção à criminalidade.

Obras importantes

“As obras que os senhores realizam são muito importantes para Goiás e para o Brasil. Quantas almas os senhores evitaram que fossem para as drogas, para o crime e a prostituição. E quantas almas recuperaram da perdição? Quando vou a essas igrejas ou a eventos como, por exemplo, no Goiânia Arena, e vejo lotado de jovens, dou graças a Deus e admiro ainda mais o trabalho que os senhores fazem. Porque aqueles jovens ou boa parte deles poderia estar no descaminho”, declarou, chamando a atenção para problemas sociais como a depressão e o suicídio.

“Não sou médico, mas acredito que a depressão certamente tem muito a ver com a falta da espiritualidade. A falta da religião desune as famílias, desagrega os lares. E hoje infelizmente estamos assistindo a muitos jovens cometerem suicídio. O trabalho e o apoio das igrejas são fundamentais para mudar essa triste realidade”, disse.

Marconi reiterou que em toda sua vida pública sempre respeitou o trabalho das igrejas e é muito grato por esse apoio que o Estado recebe delas. Os bispos, por sua vez, agradeceram a ele pelo apoio que obtêm do Governo Estadual na realização de obras e eventos da igreja. “Essa homenagem é um reconhecimento do Estado de Goiás a nossa igreja. Nossa gratidão é enorme”, afirmou o bispo Oídes do Carmo.