Tocantins

Boletim epidemiológico mostra crescimento dos casos da covid-19 em Araguaína

De acordo com os dados da Vigilância Epidemiológica, foram registrados mais de 2 mil novos casos da doença em Araguaína nos últimos 40 dias

A reta final de 2020 e os primeiros dias do novo ano registraram aumento na quantidade de casos positivos da covid-19 em Araguaína. Segundo dados divulgados pelo Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde, em dezembro o crescimento foi de 52,1% se comparado ao mês de novembro. 

Do início de janeiro até o último dia 13, o aumento de novos casos confirmados foi de 20,4% comparando com os primeiros 13 dias do mês de dezembro do ano passado. 

Ainda segundo os números do boletim, entre os dias 29 de novembro a 31 de dezembro de 2020, foram registrados 1.442 novos casos da doença na cidade, com destaque para a terceira semana do mês de dezembro que registrou 327 novos positivos para a covid, de 1 a 13 de janeiro foram 661 casos novos. 

“Infelizmente nossa cidade acompanha a realidade mundial, na qual vemos o aumento dos casos da doença, e por isso continuamos reforçando a necessidade do compromisso de cada um em seguir as recomendações da secretaria, como o uso de máscaras, distanciamento social e higienização das mãos, até que iniciemos a vacinação”, destacou a secretária municipal da Saúde, Ana Paula Abadia. 

Mais atingidos por idade
Os gráficos também apontam os grupos por faixa etária que foram mais atingidos pelo vírus na cidade. No topo dos grupos mais atingidos estão as pessoas entre 30 e 39 anos, com 24,8% dos casos na cidade, seguidos da faixa etária entre 20 e 29 anos com 23,8%. 

As mulheres ainda são as mais contaminadas pelo vírus com 53,7% dos casos, seguidas dos homens com 46,3%. 

Mortes
O boletim mostrou ainda o número de mortes pela covid em Araguaína. Em novembro foram 10 óbitos pela doença, em dezembro a quantidade caiu para 6, mas em janeiro, até agora já foram contabilizadas 6 mortes por covid-19, chegando ao número total de 247. Os dados revelam que 80% das mortes são de pessoas acima dos 60 anos. 

Mais recuperados 

Vem seguindo linha crescente no gráfico de casos o número de pessoas recuperadas da covid-19 em Araguaína, passando de 524 recuperados em novembro para 1129 recuperados até o último dia de dezembro. Do início de janeiro até agora já são mais de 600 curados da doença, totalizando 17.660 pessoas que venceram a covid-19. 

Cuidados importantes

O coronavírus é transmitido de pessoa a pessoa, por meio de gotículas de saliva ou secreção nasal quando uma pessoa infectada tosse ou espirra. 

Em caso de aparecimento de sintomas leves, como febre até 38 graus, coriza, espirro e tosse seca, o morador deve procurar uma das unidades básicas de saúde (UBS) de referência: Albeny Soares (Setor Couto) e José Rezende (Alto Bonito).