Brasil

Bolsonaro lamenta morte do ex-presidente da CGADB, pastor Sebastião Rodrigues

O presidente Jair Bolsonaro emitiu uma nota oficial na qual lamenta a morte do pastor evangélico Sebastião Rodrigues de Souza, de 89 anos, presidente da Igreja Assembleia de Deus de Mato Grosso e ex-presidente da CGADB. A morte se deu em decorrência da covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus).

+ CGADB lamenta morte do pastor Sebastião Rodrigues: ‘um dos baluartes das Assembleias de Deus no Brasil’

+ Morre pastor Sebastião Rodrigues, vice-presidente da CGADB

Bolsonaro também foi diagnosticado com a mesma doença e está em isolamento social, no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência. Ele diz estar fazendo uso da hidroxicloroquina, medicação cuja eficácia contra o coronavírus não é comprovada.

Eis a íntegra da nota distribuída à imprensa pela Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social):

“No Salmo 116:15 lemos que “Preciosa é à vista do SENHOR a morte dos seus santos.”

Hoje mais uma vez isto ocorreu com a partida para o Senhor do saudoso pastor Sebastião Rodrigues da Igreja Assembléia de Deus! A terra perde valoroso obreiro, mas o Senhor abraça um filho que venceu!

Meus sinceros sentimentos a toda comunidade cristã e à família do querido pastor Sebastião!

Oremos pelo conforto do Senhor na vida dos familiares!

Em Cristo,
Jair Messias Bolsonaro
Presidente da República Federativa do Brasil”