Gospel

Cantor gospel se despede do cristianismo: "foi incrível ser um de vocês"

Da redação

Após semanas de luta pública com sua fé cristã, Marty Sampson parece ter se despedido do cristianismo, ou pelo menos, da Igreja, de uma vez por todas, em uma atualização emocional do Instagram publicada na sexta-feira, 23.

Na publicação, o antigo líder de adoração da Hillsong expressou seu amor pelos principais líderes da Igreja, Brian e Bobbie Houston, e por seu companheiro e líder de adoração, Joel Houston, entre outros.

+ Líder da Hillsong nega ter renunciado a fé, mas diz que está em ‘terreno incrivelmente instável’

Ele chamou Hillsong de sua "linda família de almas incríveis" e agradeceu-lhes pelas memórias e seu amor.

Na atualização altamente carregada, Sampson, que começou com Hillsong na década de 1990, disse que tinha lágrimas no rosto e já sentia falta de estar perto de sua família Hillsong.

Ele escreveu: "Eu te amo @brianchouston, eu te amo @bobbiehouston, eu te amo @joelhouston, eu te amo @benjaminhouston, eu te amo @lauratoggs - Obrigado por todas as memórias incríveis, pelas noites em casa dormindo no chão, pelas vezes incrível quando eu vi o que uma família bonita parece.

"Durante os dias em que me encaixo, onde fui recebido com amor, Brian quando você oficiou meu casamento, por perguntar como estavam meus filhos, por me deixar escrever canções e cantar e confiando em mim para dar a volta ao mundo fazendo o que sempre sonhei em fazer "

"Obrigado pelos bons momentos e por todas as crenças que você colocou em tantos. Você é realmente inspirador, eu te amo".

"Para @hillsong minha linda família de almas incríveis, eu amei estar perto de todos vocês e eu realmente sinto falta de estar perto de todos vocês. Vocês são algumas das pessoas mais maravilhosas que eu conheço. Obrigado por todo o amor e toda a graça e gentileza que você me mostrou durante esses anos ".

Mas sua mensagem foi além da Igreja Hillsong expressando seu amor por todos os cristãos e dizendo que ele tinha perdoado a Igreja. Ele também pediu aos cristãos para perdoá-lo se ele já tivesse falado mal deles.

No entanto, antes de terminar, ele disse que, apesar de ter sido cristão, "eu não sou mais".

O que se seguiu com o cantor nas últimas semanas tem sido uma sucessão de publicações que analisam ainda mais a fé cristã e compartilham sua luta interior. Todas as postagens foram excluídas posteriormente.

Com sua última declaração na sexta-feira como uma carta de despedida, parece que desta vez, ele realmente se despediu.

(Com CBN)