Gospel

Casal mata pastor a tiros para não pagar dívida de IPTU em MT

Os dois entraram em atrito com o pastor por conta de um desacordo comercial.

O pastor Amilton Rodrigues da Silva, de 51 anos, foi assassinado a tiros na porta de casa, por um casal, na tarde de domingo (27), no bairro Setor Aeroporto, em Porto Alegre do Norte (1.125 km de Cuiabá). Ele teve um desentendimento com os assassinos por conta do pagamento do IPTU de uma casa.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima e sua esposa mudaram para cidade há quatro meses e trocaram a casa que tinham em Confresa (1.160 km da Capital), com outro casal por uma casa em Porto Alegre do Norte.

Leia também: Líderes de convenções evangélicas se reúnem para tratar das eleições de 2022

O pastor e sua esposa não foram informados que a residência tinha uma dívida de IPTU, do qual os antigos proprietários, uma mulher de 39 anos e o marido de 66 anos, se recusavam a pagar. Os dois entraram em atrito com o pastor por conta do desacordo comercial.

No domingo, eles foram até a porta da casa da vítima, o chamaram e dispararam vários tiros no homem , a mulher do pastor lavava roupa quando ouviu os tiros, quando chegou à porta de casa, ela encontrou Amilton caído com um ferimento na barriga e muito sangue no chão.

Os assassinos foragiram em um Volkswagen Voyage, no entanto, os policiais militares os encontram em casa, onde foram detidos.

O casal confessou o crime.

Com O MatoGrosso