Destaque

Cassação de Marcelo Miranda será analisada pelos ministros do Supremo

Da Redação JM Notícia 

Nesta terça-feira  (26) o ministro Luiz Fux, do Tribunal Superior Eleitoral, aceitou os pedidos feitos pela defesa de Marcelo Miranda (MDB) e Cláudia Lelis (PV) e enviou o processo que levou à cassação do ex-governador e da vice para análise do Supremo Tribunal Federal (STF).

Desde março, quando os dois foram cassados acusados de captação ilegal de recursos para campanha de 2014, a defesa tenta suspender os efeitos da cassação até que o processo fosse analisado pelo Supremo, mas não conseguiu. Agora, todo o processo será julgado novamente.

Se a decisão do STF for favorável, Miranda e Lelis poderão retomar seus cargos invalidando a eleição suplementar que aconteceu neste domingo  (24), dando a vitória à Mauro Carlesse.

Procurador diz que volta de Miranda é improvável

Segundo o procurador eleitoral Álvaro Manzano, é pouco provável que Marcelo Miranda e Cláudia Lelis voltem a governar o Estado.

"Juridicamente, em tese, seria possível. Agora, nunca aconteceu do STF mudar esse tipo de decisão do TSE. Levando em conta, inclusive, que já ocorreram até eleições suplementares", comentou ele ao G1 Tocantins.