Conservador Andrzej Duda é reeleito presidente da Polônia

O presidente Andrzej Duda em discurso após divulgação de resultados eleitorais que comprovaram sua reeleição - 12/07/2020  Kacper Pempel/Reuters
Mundo

O presidente conservador da Polônia, Andrzej Duda, derrotou o rival liberal e pró-europeu Rafal Trzaskowski no segundo turno e foi reeleito para um novo mandato de cinco anos – anunciou a Comissão Eleitoral nesta segunda-feira, 13.

+ Mulher é presa na Polônia por profanar imagem da Virgem Maria com arco-íris LGBT

Durante seu primeiro governo, Duda adotou práticas conservadoras e foi alvo do sistema progressista. Em sua campanha, o conservador, que é grande aliado do presidente americano, Donald Trump, prometeu endurecer ainda mais a lei antiaborto e se declarou contrário a “ideologia LGBT”, que segundo ele é “mais destrutiva que o comunismo”.

A vitória foi apertada: Duda obteve 51,21% dos votos, contra 48,79% para o opositor liberal e prefeito de Varsóvia, Rafal Trzaskowski, que prometia estreitar as relações do país com a União Europeia. O resultado consolida a posição do Partido Direito e Justiça (PiS), que está no poder desde 2015, mas a pequena margem do triunfo reforçará as críticas provocadas por suas polêmicas reformas.