Dia dos Pais: eles se reinventam para driblar os desafios durante o isolamento social

Dia dos Pais: eles se reinventam para driblar os desafios durante o isolamento social
Artigos

Muitos pais tiveram que se reinventar para auxiliar os filhos nas tarefas escolares, pois as aulas presenciais foram suspensas devido à pandemia em todo o Brasil. Com o isolamento social, eles estão tendo que aprender a dividir a atenção com as crianças em casa.

O engenheiro Nixon Carvalho, 45 anos, pai do Tiago e do Felipe, de 7 e 9 anos, sabe bem que o papel de pai professor vai além das fórmulas matemáticas ou regras gramaticais. “Tem um esforço grande de formar homens, falando no meu caso, já que sou pai de meninos. Homens que terão responsabilidade e serão cuidadosos com a esposa, filhos e a sociedade. Formar homens que serão decentes no trabalho, que vão olhar para o que têm no serviço e respeitarão a empresa, fazendo o seu melhor”, defende Nixon.

Em sua vivência enquanto pai, o engenheiro acredita que esse papel não deve ser somente delegado às escolas, mas dividido com as famílias. “A formação do caráter das crianças vem do pai e da mãe. Não podemos, na minha opinião, deixar que isso seja de responsabilidade da escola, que deve exercer o papel acadêmico”, completa Nixon.

Para o psicólogo Iarodi Bezerra, o momento é desafiador, mas traz possibilidade de ganhos para as famílias. Coisas boas também estão acontecendo nesta pandemia. “Fazer tarefas domésticas em parceria, cozinhar juntos, cantar, dançar, ver filmes, ler histórias, brincar ou, simplesmente, compartilhar e refletir sobre as angústias deste isolamento são aprendizados importantes para todos”, conclui Bezerra, e completa que mesmo à distância, os pais estão tendo a oportunidade que se aproximar mais da escola, dos professores e dos filhos.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil