Tocantins

Fique em casa! Governo reforça mensagem à população tocantinense

Ficar em casa é a principal forma de reduzir as possibilidades de proliferação da Covid-19, provocada pelo novo Coronavírus. Por isso, o governador do Tocantins, Mauro Carlesse, tem determinado a sua equipe de Comunicação que reforce as mensagens de prevenção em todo o Tocantins.

Além de vídeos informativos veiculados em emissoras de TV, o Governo também tem investido em peças para rádios, jornais, sites, redes sociais, e desenvolvido ações de fixação de cartazes em locais públicos e distribuição de panfletos.

No último domingo, 22, carros de som começaram a circular nos maiores municípios do Tocantins, fortalecendo a mensagem da necessidade de que a população não saia para as ruas, permanecendo, com seus familiares, em isolamento nas suas residências.

Para o governador Mauro Carlesse é necessário que as pessoas tenham dimensão dos transtornos que o vírus vem causando tanto no Brasil quanto em outros países. “A doença é mais forte em grupos prioritários, mas pode atingir a todos e é altamente contagiosa. Após serem infectadas, muitas pessoas necessitarão ir para a rede de saúde, que não possui capacidade para atender uma alta demanda, em curto prazo, em nenhum lugar do mundo. Por isso, o isolamento e a conscientização neste momento é tão importante”, afirmou.

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), o pico da doença deve atingir níveis maiores no mês de abril, quando mais pessoas devem superlotar os hospitais em todo o país. Em razão disso, o secretário de Estado da Comunicação, Élcio Mendes, destacou o trabalho que vem sendo desenvolvido no sentido de informar a população com mensagens corretas, combatendo assim a proliferação das notícias falsas.

“Por meio das nossas redes sociais, por exemplo, estamos levando aos seguidores avisos relevantes, com didatismo e linguagem acessível aos diferentes públicos. Tanto lá quanto nos nossos canais institucionais é possível que o cidadão acompanhe as medidas que o governador Mauro Carlesse está colocando em prática, tenha acesso a notícias, boletins sobre a epidemia e dicas de saúde e higiene. Lá é possível também verificar as mudanças de horário de atendimento e as novas normas dos órgãos do Governo que foram adotadas durante este período de quarentena”, garantiu.

O secretário de Comunicação pontuou ainda que as informações divulgadas pelo Governo cumprem um papel social e de cidadania com a população. “Nos nossos canais, alertamos sobre a importância de se lavar corretamente as mãos, sobre a necessidade de permanecer em quarentena dentro de casa, e divulgamos peças gráficas com os sintomas da Covid-19, e em quais casos o cidadão deve procurar a rede saúde. Essas informações são importantes porque ajudam a evitar uma superlotação desnecessária na rede hospitalar”, explicou.

O secretário Élcio Mendes também informou que, durante todo o período da pandemia, as equipes de Jornalismo e de Publicidade da Comunicação do Governo seguem trabalhando em formato de plantão, dia e noite, garantindo assim o acesso à informação oficial e correta aos veículos de imprensa e a população.

Ações de Governo para combater a Covid-19

No último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) nessa segunda-feira, 23, apontou que o Tocantins conta com 7 pacientes infectados pela Covid-19, todos na Capital.

Para conter a proliferação do novo Coronavírus no Tocantins, o governador Mauro Carlesse decretou Estado de Calamidade Pública; determinou a aquisição de testes rápidos para a Covid-19 e reforço no estoque de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) dos hospitais; solicitou a aquisição de cerca de 100 mil kits de alimentos para estudantes da rede estadual; além de pedir ao governo federal autorização para que o Exército Brasileiro realize triagem em aeroportos e terminais rodoviários do Estado.

O Governador também orientou que à Agência de Fomento que prorrogue, por 60 dias, do prazo para o pagamento das parcelas de empréstimos e financiamentos, e crie linhas de Capital de Giro com carência e taxa reduzida (5% ao ano mais o Índice Nacional de Preços ao Consumidor); e determinou que as forças de segurança do Estado, de forma unificada, realizem fiscalizações quanto ao cumprimento dos decretos que estabelecem normas de prevenção ao novo Coronavírus em âmbito estadual e municipal.

Além das medidas citadas acima, o Governador suspendeu, por tempo indeterminado, as aulas em estabelecimentos públicos e privados; adotou jornada de trabalho reduzida de 6 horas para os servidores estaduais; e implantou Comitê de Crise para ações preventivas do novo Coronavírus, com representantes dos Poderes do Estado, de órgãos públicos e entidades da sociedade civil.

Foram suspensas as visitas nas unidades do sistema Prisional e Socioeducativo do Estado; a realização da 20ª edição da Agrotins, em maio, e eventos do Poder Executivo Estadual; e visitas turísticas no Palácio Araguaia, no Museu Palacinho, nos Parques Estaduais e nas Unidades de Conservação (UCs) foram suspensas. No mesmo sentido, foi determinado que o Procon Tocantins monitore e oriente os estabelecimentos sobre a venda de álcool em gel, luvas e máscaras.