Fundação Obama oferece bolsas de estudo para brasileiros em Nova York

Com foco no engajamento deliderança e aprendizado acadêmico, estão abertas até 13 de dezembro asinscrições de estudantes brasileiros que desejam concorrer a uma bolsa deestudo em Nova York. Oscontemplados estudarão na Universidade Columbia por um ano, com a maioriados custos pagos pela Obama Foundation, que tem como CEO do programa oex-presidente americano Barack Obama, juntamente com a ex-primeira-damaMichelle Obama, que é formada em Direito.

Os estudantes, que farão partedo Foundation Scholars, programa focado em jovens líderes, contarão comworkshops com subtemas como gestão, interpretação de dados, resolução paraconflitos e como falar em público. O programa é voltado para quemtem experiência no comprometimento de serviço e liderança dentro de umacomunidade, bem como o compromisso de voltar a essas comunidades ao fim doprograma.

Inscrições

Paraconcorrer às bolsas da Obama Foundation, o primeiro passo é preencher umformulário que pode ser acessado por este link. Além dedisponibilizar o currículo atualizado do candidato, também três cartas derecomendação, que podem ser de familiares ou de trabalho.

É necessário também terproficiência em inglês comprovada por meio de um vídeo, o personal statement, com duração de cincominutos e que deve ser compartilhado no YouTube ou Vimeo, com o link disponívelno formulário. Todos esses requisitos devem ser atendidos até 13 de dezembro,data limite das inscrições.

Os selecionados terão umapartamento mobiliado e relativamente próximo da instituição de ensino,passagens aéreas, seguro saúde, além de um valor mensal, com o objetivo deajudar com os custos de vida em Nova York.

Bolsas de estudo no Brasil

É possível também estudar aqui,sem sair do país, com bolsas de até 70% de desconto para cursos de graduação,especializações, MBA e pós-graduação. O Educa Mais Brasil, programa de inclusãoeducacional, já beneficiou mais de 1 milhão de estudantes. Acesse aqui e veja as opções disponíveisem sua cidade.

Agência Educa Mais Brasil