Bastidores

Jornalista defende reabertura gradual das igrejas em Araguaína: “reabrir com responsabilidade”

O jornalista cristão Ricardo Costa, conhecido também como Ricardo JM, defendeu neste sábado (30) que o prefeito Ronaldo Dimas faça um decreto permitindo a realização de cultos presenciais no município de Araguaína –TO, observando todas as normas de segurança e distanciamento social, conforme preconiza a Organização Mundial de Saúde.

Para o jornalista, que possui formação em Gestão Pública, os templos evangélicos, católicos, espíritas e de demais religiões prestam um serviço essencial no apoio a milhares de famílias, que neste momento de pandemia precisam de apoio espiritual.


“Foi feita a liberação nesta sexta (29) para a venda de bebidas alcoólicas nesta cidade, por meio de um Decreto Municipal. Pedimos ao prefeito Ronaldo Dimas o apoio no sentido de também liberar o funcionamento dos cultos presenciais nas igrejas, que é um local onde muitas famílias buscam refrigério para a alma”, disse Ricardo JM.

Prevenção


O jornalista defendeu o uso obrigatório de máscaras no interior dos templos, disponibilização de álcool em gel na entrada dos espaços, respeito ao distanciamento de 2 metros entre cada assento, realização de liturgia sem contato físico, afixação de cartazes informativos sobre prevenção à Covid-19, assepsia dos locais, além de recomendações para que idosos e pessoas pertencentes a grupos de risco não frequentem os estabelecimentos.

Saiba + Bolsonaro critica fechamento de igrejas: “Providência absurda”