Política

Mauro Lacerda lamenta festas clandestinas em meio ao aumento de casos de Covid-19 em Palmas

Festa com mais de mil jovens foi interrompida pelas autoridades no sábado de Carnaval

Nesta quarta-feira (17), o vereador Mauro Lacerda (PSB) lamentou a realização de festas clandestinas na cidade de Palmas, pessoas que desrespeitaram o decreto municipal que impediu a realização de eventos durante o feriado de Carnaval.

O parlamentar falou especificamente de uma festa com mais de mil jovens que precisou ser interrompida pela força de segurança da capital. O estabelecimento não cumpria com nenhuma regra de segurança e saúde, com jovens sem máscaras e sem distanciamento social.

"É uma grande falta de compromisso com a população de Palmas", lamenta o vereador. "Tem o decreto e as pessoas brincam com esta doença que já levou muitas pessoas, muitos amigos nossos", completou ele durante a sessão da Câmara dos Vereadores.

Mauro Lacerda está com dois amigos internados por conta do novo coronavírus, um deles precisou ser transferido para Gurupi por não ter mais leitos de UTI na cidade.

"Não temos mais UTIs em Palmas, inúmeras pessoas internadas, sendo a maioria por covid-19", diz o vereador. "Não podemos brincar com esta doença, temos que olhar com mais atenção, mais carinho para o povo de Palmas, porque cada dia que passa a covid está contaminando mais pessoas".

Palmas tem mais de 25 mil casos de covid-19 confirmados e mais de 250 mortes causadas pela doença desde o começo da pandemia.

"Peço que os pares venham colocar em prioridade este assunto, esta doença que está devastando grandes famílias, a vida de pessoas sonhadoras que querem dias melhores, mas tiveram seus sonhos interrompidos por esta doença", encerrou o vereador.