Mundo

Novo ataque terrorista na Somália deixa 27 mortos e dezenas de feridos

Da Redação JM Notícia

No último sábado (28) um carro-bomba explodiu no hotel Nasa-Hablod em Mogadíscio, capital da Somália, deixando 27 mortos.

O ataque terrorista foi reivindicado pelo grupo radical islâmico Al-Shabaab, autor do ataque de 15 dias atrás onde mais de 350 pessoas morreram.

Cinco terroristas foram mortos pelos policiais que realizaram uma ação para identificar e punir os extremistas. Dois foram presos, mas as autoridades locais suspeitam que outros terroristas conseguiram fugir disfarçados com roupas de policiais.

A ação policial começou logo após o ataque e durou mais de doze horas, adentrando o domingo (29), pois além de usar o carro-bomba, os criminosos entraram no hotel e fizeram cerca de 30 pessoas - entre hóspedes e funcionários - reféns que foram libertados pelos agentes horas depois do início do atentado.

Por conta do estado de saúde dos feridos, o número de mortos pode aumentar, causando mais dor e sofrimento para as famílias da Somália que sofrem com os ataques do grupo jihadista.

Entre os mortos se encontram alguns funcionários e políticos do país, entre eles um deputado e um conselheiro do governo regional do Estado Sudoeste, enquanto o ministro de Água e Eletricidade do Executivo nacional, Madoobe Nunow Mohammed, sobreviveu após ser resgatado pelas forças de segurança.