Artigos

O anticristo será revelado no dia 14 de maio de 2020?


Hoje eu quero conversar com você sobre um tema muito polêmico que vem sendo muito debatido nas redes sociais nos últimos dias: um evento muito importante que será realizado no Vaticano no dia 14 de maio de 2020. Muitos estão dizendo que, nesta data, o Papa Francisco, vai anunciar ao mundo o anticristo. Mas será mesmo que isso vai acontecer? Isso tem algum fundamento? É isso o que nós veremos hoje.

Toda essa polêmica começou quando o líder da igreja católica, o Papa Francisco, gravou uma mensagem, convidando profissionais da área da educação de todos os países para participarem de um encontro mundial. E de acordo com a página oficial de notícias do Vaticano, o tema do evento será: “Reconstruir o pacto educativo global”. Mas o que o Papa quer com isso? Ele deseja reunir pessoas ligadas à educação de vários países para chegarem a um acordo de como deveria ser conduzida a educação a partir de hoje.

O problema é que isso tem gerado muitas teorias da conspiração a respeito do surgimento do anticristo. Segundo algumas pessoas, o Papa Francisco usaria esse encontro para apresentar ao mundo o nome de um líder global, alguém muito carismático, influente, que conseguirá unir todos os povos da Terra com um único objetivo: trazer a paz. Se isso realmente acontecer, estaria se cumprindo a profecia de Apocalipse 6:

“Observei quando o Cordeiro abriu o primeiro dos sete selos. Então ouvi um dos seres viventes dizer com voz de trovão: ‘Venha!’ Olhei, e diante de mim estava um cavalo branco! Seu cavaleiro empunhava um arco, e foi-lhe dada uma coroa; ele cavalgava como vencedor determinado a vencer.” (Apocalipse 6:1,2).

Nesta passagem, o cavalo branco e a coroa simbolizam que o anticristo será alguém muito poderoso que chegará com o discurso de promover a paz no mundo. Porém, o arco que o cavaleiro segura em suas mãos mostra que a sua verdadeira intenção é enganar as pessoas e dominar a todos.

E é interessante que no discurso do Papa Francisco (que está no próprio site do Vaticano), ele fala sobre criar “uma aliança entre os habitantes da terra e a ‘casa comum’”. E, por isso, muitos estão acreditando que esta “casa” se refere à criação de uma única pátria, governada por um único líder - ou seja, o anticristo. O Papa também diz que, para alcançar esses "objetivos globais", serão necessário 3 atitudes, sendo uma delas: “colocar no centro a pessoa". E, por isso, muitos estão dizendo que essa pessoa seria o anticristo. E em seguida, o Papa propõe "formar pessoas para se colocarem ao serviço da comunidade", ou seja, essas pessoas iriam trabalhar em favor da "Nova Ordem Mundial".

E tem mais: quem acredita que esse evento irá divulgar o nome do anticristo, diz que esse plano começou bem lá atrás, em fevereiro de 2013, quando o Papa Bento 16 renunciou ao cargo. Segundo eles, aquele Papa não deixou o cargo por vontade própria, e sim, por pressão das lideranças religiosas e políticas mundiais que o consideravam conservador e que não colocaria esse plano em prática. E o povo está acreditando, pois, poucas horas depois da renúncia do Papa, dois raios caíram sobre o Vaticano, mostrando que uma época satânica estaria começando.

Mas, afinal de contas, será que existe alguma verdade em tudo isso que o pessoal está supondo que acontecerá nesse evento em 14 de maio de 2020? O que a Bíblia diz sobre isso? Bem, a primeira coisa que precisamos esclarecer é que o anticristo vai surgir no início do fim dos tempos. E o próprio Jesus disse que ninguém sabe quando isso vai acontecer. Veja o que Ele disse:

"Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão somente o Pai.” (Mateus 24:36)

Então, meus irmãos, se nem Jesus sabia qual seria a data de Sua volta enquanto viveu aqui na terra, quem pode afirmar que o início do fim dos tempos será no dia 14 de maio do ano que vem? Ainda assim, muita gente pode dizer: “Mas, pastor, a data desse evento é a mesma em que é comemorado o aniversário da fundação de Israel! Não é muita coincidência?” Sim, é uma coincidência. Mas ainda assim nós continuamos sem saber quando o anticristo vai chegar, pois a Bíblia não dá nenhuma data sobre isso.

E sobre a renúncia do Papa Bento 16, nunca saberemos se essa decisão foi tomada de livre e espontânea vontade ou se ele realmente foi obrigado por forças políticas e religiosas. E em relação àquilo que o Papa Francisco falou, usando os termos: “casa comum”, “colocar no centro a pessoa" e "formar pessoas para se colocarem ao serviço da comunidade", nós precisamos interpretar o texto da forma correta, pois tudo indica que ele não estava falando em criar uma única nação, e dar todo o poder do mundo a um único homem, e nem que pessoas seriam treinadas para trabalhar nessa Nova Ordem Mundial.

E você pode estar se perguntando, agora: “Ah ,pastor, mas se isso não tem nada a ver, o que ele quis dizer com essas palavras?”. Ao meu entender, quando o Papa se referiu à “casa comum”, ele se referiu à Terra, ao planeta em que todos nós vivemos. Sobre a “pessoa no centro”, ele provavelmente falou ao ser humano de forma geral, e não em um único homem. E, por fim, sobre a sua proposta de "formar pessoas para se colocarem ao serviço da comunidade", o que fica claro é que ele está tratando de profissionais da área da Educação dispostos a trabalhar em favor do que for discutido no evento.

Nós precisamos entender uma coisa: eventos como esse que acontecerá em 14 de maio de 2020, sempre aconteceram no mundo, principalmente depois do final da Segunda Guerra Mundial e da criação da ONU. Os países e os líderes políticos e religiosos sempre se reúnem para debater questões de interesse global, como o clima, a economia, as desigualdades sociais...

Mas quero que fique claro que eu não estou defendendo o Papa. Só Deus sabe o que se passa na mente dele e quais são as intenções do seu coração. O que eu estou tentando te dizer é para tomar cuidado com as teorias de conspiração e falsas profecias que as pessoas criam para enganar o povo de Deus. Quantas vezes você ouviu falar que o mundo ia acabar em determinada data? Quantas vezes disseram que o anticristo seria anunciado? E alguma vez isso se cumpriu? Não, porque ninguém sabe qual é o tempo de Deus para as coisas - inclusive para o fim dos tempos!

Mas, é preciso deixar muito claro que tudo está se alinhando para a vinda do anticristo. Basta olharmos para os últimos acontecimentos no mundo: a quantidade de terremotos, maremotos, tempestades e outros fenômenos cada vez mais fortes; as guerras e rumores de guerras são cada vez mais frequentes; as pessoas estão morrendo de fome por causa das pestes; o povo de Deus é cada vez mais perseguido e o mal entre os homens tem se multiplicado a cada dia. Ou seja, tudo está acontecendo de acordo com que a Bíblia disse que aconteceria nos últimos tempos.

Porém, mesmo diante de tudo isso, não devemos nos preocupar com datas. Temos que nos preocupar, sim, com a nossa vida com Deus; devemos estar em comunhão com Ele para que, quando a profecia se cumprir e o anticristo vier, nossos nomes estejam escritos no Livro da Vida e sejamos poupados das grandes tribulações que vão acontecer no mundo até que Jesus volte e derrote Satanás de uma vez por todas. Deus te abençoe.