Papa Francisco defende união civil entre homossexuais

Redação JM Notícia

Em um filme, que entra em cartaz nesta quarta-feira (21) na Itália, o Papa Francisco faz sua primeira declaração aberta em favor dos homossexuais, defendendo a união civil entre pessoas do mesmo sexo.

"As pessoas homossexuais têm direito de estar em uma família. Elas são filhas de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deverá ser descartado ou ser infeliz por isso", diz o líder católico no filme intitulado de "Francesco".

O Papa não fala de casamento religioso, mas sim do registro civil. "O que precisamos criar é uma lei de união civil. Dessa forma eles são legalmente contemplados. Eu defendi isso", ele afirmou.

No filme Francisco mostra sua visão sobre diversos temas, entre eles o ambiente, pobreza, migração, desigualdade racial e de renda e pessoas mais afetadas por discriminação.