Destaque

Perfeita Josi Nunes inicia discussão do PCCR dos servidores do Município

A Presidente do SISEMG disse estar contente com o resultado da reunião. "Saímos daqui muito felizes, pois já tivemos uma resposta positiva da prefeita, que irá nomear uma comissão para trabalhar no plano e em breve efetivá-lo no município", declarou.

Nesta quinta-feira, 07, a prefeita de Gurupi, Josi Nunes (PROS), se reuniu com a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Gurupi (SISEMG), Luciléia Nascimento, para tratar do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos Servidores Públicos (PCCR) do município e outros assuntos.

A prefeita falou do compromisso que fez ainda durante a campanha e que agora está dando início para que seja cumprido. “Nós nos comprometemos que logo na primeira semana de gestão iríamos formar uma comissão para tratar do PCCR e outras demandas. Conversamos com a presidente do sindicato e já vamos instituir essa comissão, com seis membros, três da Administração e três do Sindicato, para discutir especificamente o Plano de Cargos, e queremos implementar para todas as categorias este ano”, afirmou Josi Nunes.

A Presidente do SISEMG disse estar contente com o resultado da reunião. “Saímos daqui muito felizes, pois já tivemos uma resposta positiva da prefeita, que irá nomear uma comissão para trabalhar no plano e em breve efetivá-lo no município”, declarou.

A comissão, que será formada, deverá analisar todos os itens financeiros e de pessoal e apresentar uma alternativa viável para a implementação do Plano.

Durante a reunião também foram discutidos outros assuntos relacionados aos servidores. “Quero deixar claro para todos os servidores do município, que a nossa gestão será muito participativa, democrática, vamos ouvir todas as categorias, porque queremos que os nossos servidores sintam-se felizes, motivados, que prestem um serviço de qualidade, exatamente pelo reconhecimento que eles terão nessa gestão”, reforçou a prefeita de Gurupi.

Também participaram do encontro os membros do SISEMG, Horácio Rodrigues de Toledo e Leandro Ferreira Milhomem.