Política

PL do vereador Rogério Santos que institui o Dia do Pastor Evangélico em Palmas aguarda segundo turno de votação

"O Pastor assume um papel de vital importância para o desenvolvimento social da população", considera Rogério Santos

O pastor evangélico tem a grande responsabilidade de orientar as pessoas que congregam nas igrejas e comunidades evangélicas e também exercem atividades sociais, de capelania em hospitais, quartéis, presídios e escolas. Como forma de valorizar esses homens e mulheres de Deus, o vereador Rogério Santos (Republicanos) apresentou à Câmara Municipal o projeto de lei que institui o Dia do Pastor Evangélico em Palmas.

A finalidade do projeto é prestar uma homenagem ao pastor evangélico por todos os serviços prestadas a sociedade. “Não podemos nos esquecer da sublime função do pastor, que não se trata apenas de um profissional, mas de um ofício e de um sacerdócio. O Pastor assume um papel de vital importância para o desenvolvimento social da população”, considera Rogério Santos.

Projeto de Lei nº 102/2019 que institui o Dia do Pastor Evangélico no Município de Palmas, aguarda votação em segundo turno na Câmara Municipal. Sendo aprovado, será encaminhado para sanção do Poder Executivo. 

Saiba + Jornalista Ricardo JM obtém 723 votos e ocupará a 1ª suplência de vereador em Araguaína