Política

Projeto enquadra ações de solidariedade durante a pandemia como serviços essenciais

A deputada estadual Valderez Castelo Branco apresentou requerimento na última Sessão Legislativa, em que pede ao Governo do Estado que as ações de solidariedade sejam  consideradas como serviços essenciais durante o período de Pandemia do Coronavírus. A parlamentar citou como exemplo a distribuição de cestas básicas, máscaras, kits de higiene e demais mantimentos básicos às populações vulneráveis do Tocantins. 

De acordo com Valderez, muitas instituições não governamentais, igrejas, empresários e grupos de amigos estão realizando ações de solidariedade em comunidades carentes, que foram ainda mais afetadas pela pandemia de Coronavírus. Para ela, esse tipo de serviço deve ser amparado em um momento tão delicado para muitas famílias tocantinenses que são beneficiadas por eles. 

“Muitos trabalhadores e trabalhadoras perderam suas fontes de renda. Por causa disso, diversas famílias têm passado por momentos de dificuldades. Neste contexto, coletivos comunitários e empresariais e membros da sociedade civil têm prestado papel fundamental, auxiliando centenas de cidadãos e cidadãs que estão em situação de vulnerabilidade”, declarou. 

Ainda de acordo com a solicitação da parlamentar, a inclusão desses serviços deve seguir com a recomendação de que os voluntários deverão observar todos os protocolos de prevenção ao contágio, com a obrigatoriedade do uso de máscara, álcool em gel, equipamentos de proteção individual (pelos voluntários e população beneficiada) e ainda evitar aglomerações.