Gospel

Rocco Digilio deixa Igreja Quadrangular: "Ninguém aguenta tanta perseguição"

Pastor serviu a denominação por mais de 50 anos


O pastor Rocco Digilio gravou um vídeo se despedindo da Igreja do Evangelho Quadrangular após 50 anos de ministério.

No vídeo, o religioso lembra sua chegada ao ministério, onde ele se converteu, e como se tornou pastor.

"A perseguição, ou outra coisa qualquer, não pode terminar o ministério de alguém. Eu estou vivo e esta vida tem quer aproveitada a cada minuto, com as coisas de Deus, para levar as pessoas a serem resgatas do pecado e da morte".

Ao falar que acabou o seu tempo na Igreja Quadrangular, Rocoo Digilio chorou e lamentou a perseguição que estava sofrendo.

"Ninguém aguenta a perseguição, ninguém aguenta ser caluniado, ser despojado, ser perseguido como eu e minha família fomos", disse.

 

Igreja Quadrangular enfrenta problemas de liderança há alguns anos

A saída de Rocco Digilio do ministério é mais uma etapa do processo de divisão da denominação, uma das mais antigas do país, que começou em 2018 quando o o Comitê Mundial da Igreja pediu a renúncia do presidente Mario de Oliveira.

"O Conselho Global concluiu que não podemos mais apoiar como atual presidente da igreja brasileira e pedimos portanto que o senhor Mário de Oliveira renuncie imediatamente", pedia a carta que não foi levada em consideração.

Oliveira continua à frente da Igreja do Evangelho Quadrangular e, os pastores insatisfeitos com as decições administrativas e eclesiásticas do líder deixaram o ministério.

A família Digilio, através do pastor Rinaldi Digilio, fundou então a Igreja Quadrangular da Família Global, confirmando assim o racha na denominação.

Rocco Digilio era presidente estadual da Igreja Quadrangular em São Paulo, construiu mais de 100 igrejas no estado e também o único centro de convenções que a denominação possui. 

Saiba + Malafaia faz ameaça a deputado evangélico que votar contra Daniel Silveira 

Saiba + Cultura do cancelamento: os riscos para a igreja em tempos digitais

Saiba + Igrejas e demais Instituições estão obrigadas a entregar DIRF até 26/02/202; confira

 

Assista: