Rodovia pavimentada vai fortalecer as relações do sul tocantinense com norte goiano

Redação JM Notícia

O trabalho de pavimentação asfáltica da rodovia TO-141, em Palmeirópolis, avança na região sul tocantinense. Serão asfaltados 26,25 km da via, no valor de R$ 24 milhões, por meio de convênio firmado entre o Governo do Tocantins e o Banco Mundial, pelo Programa Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS). A previsão é de que a obra seja entregue totalmente pronta em dezembro deste ano.

A rodovia com pavimentação asfáltica vai melhorar a mobilidade e possibilitará também uma maior integração e ampliação das relações comerciais entre os municípios de Palmeirópolis (TO) e Minaçu no norte goiano. Além disso, também facilitará o escoamento da produção agrícola, fortalecendo o desenvolvimento econômico dos dois estados nessa região. 

Saiba + “Uma grande conquista para nossa região”: Moradores celebram anúncio de obras de pavimentação para o setor Sonho Meu

Do lado do Tocantins, por exemplo, além de Palmeirópolis, Paranâ, Jaú do Tocantins e São Salvador, etc, também ganharão com o empreendimento. Já do lado de Goiás, além de Minaçu, também serão diretamente impactadas com as obras, as cidades de Cavalcante, Colinas do Sul, Campinaçu, Trombas e Montevidiu.

Obras

A obra entrou em nova fase e a execução dos serviços segue em ritmo acelerado. A rodovia está sendo contemplada pista simples de mão dupla pavimentada com a utilização do sistema de Tratamento Superficial Duplo (TSD), com a finalidade de suportar trânsito de veículos de carga. Esse sistema leva duas camadas de britas intercaladas com emulsão asfáltica e a sobreposição do acabamento em microrrevestimento asfáltico.

“Vamos aproximar ainda mais o extremo sul do Tocantins com o norte de Goiás, beneficiando a população dessas regiões com investimentos em mobilidade e acessibilidade; fortalecimento da agricultura e escoamento da produção; incentivo às relações comerciais; turismo; desenvolvimento econômico; dentre outras inúmeras oportunidades que surgirão com a pavimentação dessa rodovia”, destaca a secretária da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin.

Saiba + Tocantins promove campanha anual contra hanseníase

Ao todo já foram concluídos 63,54% da pavimentação; 100% do desmatamento e limpeza; 100% da terraplanagem estão concluídos; 100% de regularização de sub-leito e sub-base; Base 68,11% concluídos que equivalem a 17,88 km sendo que outros 8,37 km referentes aos 31,89% estão em execução; 100% de obras de arte especiais (galerias e pontes) estão concluídos.

Ainda sobre as obras na rodovia no quesito obras de arte corrente ( bueiros tubulares) 100% executados; na pavimentação (capa asfáltica) 63,54% concluídos e estão sendo executados os 63,54% restantes. A drenagem superficial está com 49,82% concluída e a sinalização vertical com 63,54% executada. A sinalização horizontal e o plantio de mudas (reflorestamento) das margens da rodovia só terão início após a finalização das demais etapas da obra.

“Essa é uma obra importante não apenas para Palmeirópolis, mas sim uma nova interligação do Tocantins e Goiás, facilitando a vida das pessoas, integrando os Estados, garantindo segurança para aqueles que trafegam, escoando a produção e diminuindo o custo do escoamento dessas cargas”, disse Juliana Passarin.