Tocantins catarata zero: Araguaína inicia agendamentos de cirurgias para mais 15 cidades

Redação JM Notícia

A Secretaria Municipal de Araguaína, em parceria com a Senadora Kátia Abreu, promoveu, nesta quinta-feira (22), reunião com secretário(a)s municipais de saúde de 16 cidades na região norte do Tocantins para instruções e esclarecimentos sobre consultas, exames preparatórios e agendamentos de cirurgias de catarata, pelo programa Tocantins - Catarata Zero.

Nessa primeira etapa de Araguaína, o Programa Tocantins - Catarata Zero vai ofertar 1.000 procedimentos e já começa atender os pacientes a partir da próxima segunda-feira (26). Toda organização e logística de atendimento aos municípios será feita pela Secretaria da Saúde de Araguaína, que organiza a ação. Na reunião, a gestora da pasta, Ana Paula Abadia, acompanhada do chefe de gabinete da Senadora Kátia Abreu e coordenador do programa, Renato de Assunção, apresentou o fluxo e protocolo de atendimento aos demais municípios da região, bem como as empresas credenciadas para realizar as cirurgias. 

Saiba + Katia Abreu emite nota em favor da vacina contra Covid-19

De acordo com Renato de Assunção, o objetivo do programa é zerar as filas de espera por uma cirurgia de catarata e continuará até atender todos moradores com a doença. “Não tem limite. É um compromisso da senadora Katia Abreu, zerar essa demanda por cirurgia de catarata. Conforme vão evoluindo as cirurgias e o recurso vai acabando, a Senadora destinará mais recursos. Já foram investidos cerca de R$ 10 milhões no Tocantins, o que são quase 10 mil cirurgias”, relatou.

Conforme o coordenador do programa, Araguaína tem clínicas privadas com centros cirúrgicos habilitados e "quando o valor acordado chega ao município, ele credencia essas empresas e elas aceitam operar cobrando o mesmo valor do Sistema Único de Saúde (SUS), que é um valor mais baixo. Isso permite que mais pessoas tenham acesso às clínicas especializadas”, detalhou Renato.

Araguaína será cidade polo para Aragominas, Araguanã, Babaçulândia, Barra do Ouro, Campos Lindos, Carmolândia, Filadélfia, Muricilândia, Nova Olinda, Pau D"arco, Piraquê, Santa Fé do Araguaia, Wanderlândia, Goiatins e Xambioá.

Saiba + Programa Catarata Zero em Porto Nacional beneficia cirurgias eletivas

As cirurgias de catarata serão realizadas em duas clínicas credenciadas: o Hospital dos Olhos do Tocantins (HO) e a Clínica Yano.

Parceira com Araguaína

Todos os procedimentos serão realizados em Araguaína graças a uma implementação da Secretaria da Saúde de Araguaína, que oferecerá os exames pré-operatórios e oftalmológicos para os pacientes da região. “Esse é o gargalo das cirurgias oftalmológicas que nós temos de um outro projeto, mas com Programa Catarata Zero conseguimos unir forças”, contou a secretária municipal Ana Paula Abadia.

Como ter acesso?

Para ter acesso ao Programa Catarata Zero é necessário procurar uma unidade básica de saúde (UBS) da cidade em que mora para avaliação médica e encaminhamento. Após isso, o paciente fará exames nas clínicas especializadas para o diagnóstico e indicação da cirurgia.