Usuários reclamam de dificuldades para atendimento no posto do Detran em Gurupi

Usuários tentam resolver problemas desde fevereiro e não consegue / FOTO: Reprodução Internet
Tocantins

Usuários que precisam dos serviços do Departamento de Trânsito em Gurupi, na região sul do estado, estão enfrentando dificuldades para conseguir atendimento. Tem usuário tentando resolver problemas desde fevereiro e não consegue.

O comerciante Clébio Santos diz que está há mais de uma semana tentando retirar um veículo registrado em seu nome e não consegue. Ele vendeu o veículo e após uma consulta descobriu que está com o nome negativado. Ele conta que saiu de Brasília só pra resolver esse problema, mas ainda não conseguiu.

"Dei entrada na semana passada, deve ter uns dez dias. Mas o sistema hoje é informatizado, acho que falta é boa vontade mesmo. Eu quero que eles tirem o veículo do meu nome, só quero isso”, disse.

O atendimento no Detran em todo estado está sendo agendado por causa da pandemia de coronavírus. Por isso só poderá ser atendido no posto do Ciretran de Gurupi quem tem o horário marcado. Para fazer o agendamento é preciso acessar o site da Secretaria de Administraçao do Estado (Secad), ligar no 0800 do Detran ou fazer contato pelo WhatsApp do órgão.

Leia+Atendimento no Detran sofre alterações e alguns serviços são suspensos; confira

O problema é que tem muita gente que não consegue fazer o agendamento. Essa também não é a primeira vez que o agendamento do órgão sofre reclamações. Em julho, um homem chegou a ligar 80 vezes e não conseguiu falar com ninguém.

"A gente tenta no 0800, tenta no WhatsApp e ninguém consegue fazer o agendamento corretamente. Desde fevereiro que estou com pendências para serem resolvidas. Falam que o sistema está indisponível e a gente não consegue", reclamou a técnica de enfermagem Justina Neta.

A mulher conta que foram cinco meses só para conseguir retirar o documento da moto. Agora ela tenta resolver o problema de uma multa que diz ser indevida.

"Quando eu cheguei deparei com uma multa aplicada em Palmas, Tocantins, sendo que a moto nunca esteve em Palmas. Para resolver o problema com a multa só há vaga para atendimento no Detran para o mês de dezembro. É muito complicado", lamentou.

O que diz o Detran

O Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran-TO) informa que para realizar o agendamento de atendimentos presenciais o usuário deve utilizar o Sistema de Gestão de Atendimento (SGA), que funciona num formato totalmente on-line, no site oficial do Detran-TO(detran.to.gov.br). O agendamento pode ser realizado pelo próprio usuário, que escolhe, dependendo da disponibilidade, dia, horário e local de atendimento. Acrescentamos que não existe um número de whattsApp para realização do agendamento.

A Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Gurupi, que anteriormente funcionava de segunda a sexta-feira das 8h às 14h, apresentou grandes demandas de usuários nas últimas semanas. Em razão deste aumento de demanda, o Detran-TO estabeleceu a abertura de vagas para atendimentos também no período da tarde, até as 18h de segunda a sexta-feira.

O Detran afirma que, desde sua implantação no início de setembro, não houve nenhum tipo de problema no sistema de agendamento on-line que engloba a sede em Palmas, todas as Ciretran’s e postos de atendimento dos municípios do Estado do Tocantins.

Sobre o caso da técnica de enfermagem Justina Neta, o Detran informou que o procedimento para solução do problema é a solicitação de recurso na Prefeitura de Palmas, tendo em vista que a multa relatada foi aplicada pela autoridade de trânsito municipal.

No caso do usuário Clebio Santos Lopes, o Detran informou que o procedimento ao realizar a venda de um veículo é assinar o Certificado de Registro de Veículo (CRV), que também é conhecido como DUT, e reconhecer a assinatura do vendedor e comprador do veículo. Após isso, o vendedor deve comparecer ao Detran com uma cópia autenticada do CRV assinado, para assim realizar o comunicado de venda. Esse procedimento garante que todos os débitos e responsabilidades do veículo passem a ser do comprador do veículo, ou seja, do atual proprietário.

Disse ainda que o usuário que comprou o veículo e possui o CRV original assinado, tem o prazo de 30 dias para realizar a transferência do veículo no Detran. Contudo, o vendedor do veículo é o responsável em realizar o comunicado de venda e o comprador do veículo é responsável pela transferência do veículo.

Ainda segundo o Departamento de Trânsito, em razão da pandemia da Covid-19, o prazo de 30 dias para realizar a transferência do veículo no Detran está prorrogado por tempo indeterminado, para os casos de compra a partir do dia 19 de fevereiro de 2020. Também está suspenso por tempo indeterminado, conforme deliberação do Conselho Nacional de Trânsito, o prazo para recursos a multas aplicadas a partir de 19 de fevereiro deste ano.

FONTE: TV Anhanguera