Política

Vereador Joatan apresenta projeto para priorizar matrículas de alunos autistas

Parlamentar faz apelo aos seus pares para que apreciem o projeto em favor das mães que não conseguem vagas nas escolas de Palmas

Pensando nas mães que não conseguem matricular seus filhos que são portadores de transtorno de espectro autista, o vereador Joatan de Jesus (Cidadania) apresentou um projeto de lei para dar prioridade de matrícula à essas crianças.

O texto estabelece prioridade de matrícula e transferência, sem limitação de vagas, às crianças e aos adolescentes autistas nas instituições de ensino públicas e particulares de educação infantil.

Ao defender o projeto na tribuna da Câmara dos Vereadores nesta terça-feira, Joatan pede aos seus pares que pensem nas mães que não conseguem matricular seus filhos.

"Muitas mães que possuem o poder aquisitivo inferior não conseguem matricular seus filhos na rede de ensino público e as mães com maior poder aquisito não conseguem matriculá-los nas escolas particulares, em virtude do preconceito que muitas pessoas têm sobre os portadores do espectro autista", disse.

O vereador acredita que não haverá custos extras aos cofres públicos, pois as escolas já contam com profissionais para atender estes alunos.

Para evitar que as crianças sejam rejeitadas nas escolas, o projeto de lei estipula uma multa entre 3 e 20 salários mínimos contra a gestão escolar que recusar a matrícula de um aluno com transtorno do espectro autista.