Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Novo ensino médio será adotado a partir de 2022

O Ministério da Educação divulgou, no último dia 14, o cronograma e as ações que serão adotadas

Publicado

em

Prevista para começar a partir de 2022, a implementação do Novo Ensino Médio nas escolas públicas e privadas do país será realizada de forma progressiva e deve contemplar as aprendizagens essenciais e comuns a todos os estudantes, bem como ofertar diferentes possibilidades de escolha a partir dos itinerários formativos incluindo a formação técnica e profissional de forma a aprofundar conhecimentos e ajudar na inserção no mercado de trabalho.

O cronograma e as ações foram divulgados no último dia 14, pelo Ministério da Educação, no Diário Oficial da União. A medida trará mudanças na carga horária e na estrutura curricular das aulas. Para isso, o novo modelo traz ampliação da carga horária mínima das atuais 800 horas para 1.000 horas anuais. A implementação começará no ano que vem, de forma progressiva, com as 1ª séries do Ensino Médio. Em 2023 continuará com as 1ª séries e dará início às 2ª séries e completando o ciclo de implementação nas três séries do ensino médio em 2024.

O investimento no projeto é de mais de R$ 70 milhões nas secretarias de educação para readequação de seus referencias curriculares e para formação dos profissionais de educação, com repasse a mais de quatro mil escolas piloto, totalizando R$ 360 milhões em apoio financeiro, conforme o MEC.

Segundo o Ministério da Educação, um novo Programa de Fomento à Implementação dos Itinerários Formativos será lançado ainda neste ano para dar apoio técnico e financeiro às escolas de ensino médio e a integração entre as instituições de ensino superior, setor produtivo, escolas e secretarias de educação.

 

Conteúdos e cronograma

Com o Novo Ensino Médio, o estudante poderá escolher em qual área quer aprofundar seus conhecimentos ao longo da formação. O projeto poderá ofertar até cinco itinerários formativos, que podem variar conforme o contexto no qual a escola está inserida e de acordo com as necessidades e interesses dos estudantes. As redes de ensino terão autonomia para definir os itinerários ofertados.

Os itinerários são: linguagens e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias, ciências humanas e sociais aplicadas e formação técnica e profissional.

O cronograma divulgado apresenta as seguintes divisões:

1) No ano de 2021: aprovação e homologação dos referenciais curriculares pelos respectivos Conselhos de Educação e formações continuadas destinadas aos profissionais da educação;

2) No ano de 2022: implementação dos referenciais curriculares no 1º ano do ensino médio;

3) No ano de 2023: implementação dos referenciais curriculares nos 1º e 2º anos do ensino médio;

4) No ano de 2024: implementação dos referenciais curriculares em todos os anos do ensino médio;

5) Nos anos de 2022 a 2024: monitoramento da implementação dos referenciais curriculares e da formação continuada aos profissionais da educação.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo1 hora atrás

Roberto Jefferson dispara contra embaixador da China no Brasil: “Pilantra que articula contra o governo”

No Twitter, Jefferson chamou o diplomata de “vagabundo que a China mandou para o Brasil”

finanças finanças
Brasil/Mundo2 horas atrás

62,5 milhões de brasileiros estão inadimplentes, aponta estudo da Serasa

Serasa realiza a ação "Limpa Nome" que permite negociar dívidas com até 99% de desconto

Brasil/Mundo2 horas atrás

Braga Netto desmente Estadão: “Desinformação que gera instabilidade”

Apesar da declaração do ministro da Defesa, o jornal mantém a reportagem no ar

Brasil/Mundo2 horas atrás

Bolsonaro assina projetos de lei em favor da família e contra o aborto

Em reunião com o Presidente da República Jair Bolsonaro nesta quarta-feira (21), o Ministério da Mulher, da Família e dos...

Brasil/Mundo1 dia atrás

Ministro da Defesa quebra o silêncio e condiciona eleições de 2022 ao voto impresso

General Walter Braga Netto mandou recado para o presidente da Câmara, afirmando que as eleições de 2022 devem ser "auditáveis"...

Brasil/Mundo1 dia atrás

Deputada Rosane Felix repudia desenho com ideologia de gênero e linguagem neutra da Netflix

"Ridley Jones – a Guardiã do Museu" tem um personagem não binário e uma família de múmias com dois pais

Brasil/Mundo1 dia atrás

Redes sociais terão emojis de homens grávidos

Homens trans são mulheres biológicas que fizeram a mudança de gênero

Brasil/Mundo2 dias atrás

Prouni 2021: MEC divulga resultado da primeira chamada

Pré-selecionados precisam apresentar documentos para comprovar informações

Brasil/Mundo2 dias atrás

MEC divulga resultado da 1ª chamada do Prouni

Número de candidatos inscritos foi 21% maior do que a mesma edição do ano passado. Foram registradas mais de meio...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Pandemia afeta sono dos brasileiros e leva a aumento do consumo de remédios para dormir

Pesquisa aponta que mais da metade das pessoas tem enfrentado noites mal dormidas; nervosismo, ansiedade, tensão e dificuldade no relaxamento...