Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

“O Brasil é um país socialista”, diz cientista político norte-americano

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

Para o cientista político norte-americano Steven Brams, as políticas e reformas adotadas pelo governo brasileiro nos últimos anos ergueram os pilares para a implementação de um regime socialista muito próximo ao comunismo.

Brams, que atua no Departamento de Política da Universidade de Nova York, declara que o Brasil vive um momento dramático se assemelhando com um sistema arbitrário, onde abusos de poder são permitidos, se distanciando assim de uma democracia.

Uma reportagem publicada pelo site Avança Brasil traz a entrevista com cientista político afirmando categoricamente como ele vê o país como um sistema político cada vez mais parecido com o regime adotado em Cuba.

“Hoje praticamente o Estado se encontra totalmente pavimentado e pronto para assumir um papel político totalmente voltado para o socialismo”, disse Brams. Para ele, essa situação foi sendo construída nesses últimos anos, quando o país foi governado pelo PT e PSDB.

Para o estudioso, os dois partidos mais famosos do país – tidos como opositores – são, na verdade, dois partidos de esquerda. “O PT e o PSDB adotam um mesmo pensamento ideológico, não se diferem nesta questão quando o assunto é a implementação do atual sistema político. São duas lideranças de esquerda com mais força política dentro do cenário brasileiro”, afirmou.

Brams afirma que vê o governo de Fernando Henrique Cardoso dando os primeiros passos para a implantação do socialismo no Brasil, mas que o governo do PT foi mais radical nas reformas e intensificou as medidas que vinham sendo implementadas por FHC.

“Acredito que o PT apenas acelerou o processo de socialização e abriu a porta para se chegar em uma política bem próxima da política adotada em Cuba. Mas não foi só no Brasil que isto ocorreu. Todos os países latinos sofreram esta mesma mudança que muitos chamam de ‘bolivarianismo'”.

Publicada em março do ano passado, a entrevista volta a circular nas redes sociais aproveitando o ano eleitoral onde, mais uma vez, PT e PSDB se colocarão como pensamentos antagônicos, mas que no fundo, segundo o cientista político, agirão em busca de implantar o mesmo sistema político.

Nazismo e fascismo são designações de esquerda

Outra conclusão que o cientista político afirma na entrevista é que há quatro formas utilizadas para designar o comunismo: a social democracia, o socialismo, o nazismo e o fascismo. “No fundo todas estas designações são de origem comunista. Apenas o que difere o comunismo destas designações, é a maneira em que este comunismo é administrado politicamente.”

Brams segue explicando que o sistema social democrata “é o comunismo mais leve”, sendo introduzido lentamente sem que a sociedade sinta seus efeitos. “Enquanto isso o Estado vai sendo modificado. No final deste processo o país já estará totalmente modificado, estruturado e a sociedade conformada e totalmente difundida dentro do comunismo.”

É na social democracia que ele enquadra o Brasil. ” No Brasil não vejo traços de democracia e sim da social democracia. No Brasil o sistema beneficia o Estado e não a sociedade, beneficia a corrupção e a impunidade. As leis são ineficazes e protegem o sistema e os corruptos. É um sistema controlador, manipulador, quase tirano. No Brasil o povo brasileiro perdeu muito sua honra e seu patriotismo, talvez pelas políticas que foram adotadas com o intuito de corromper a sociedade.” Leia a entrevista completa aqui.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo2 dias atrás

ANAJURE defende liberdade do colégio batista notificado por vídeo contra a ideologia de gênero

"O vídeo em questão, ainda que expresse discordância quanto às teorias de gênero, não estimula qualquer conduta discriminatória", diz a...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Livro infantil enfrenta a ideologia de gênero: “Elefantes não são pássaros”

"O livro é uma repreensão absoluta à aceitação da transexualidade e ao número crescente de jovens que se identificam como...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Cursos profissionalizantes são aliados na busca pelo emprego

Evento on-line e gratuito vai debater a educação profissionalizante

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pandemia afetou o comportamento de responsáveis por crianças de até três anos em famílias de classe D

Isolamento e crise financeira trouxeram efeitos perversos da desigualdade nas classes mais baixas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Bolsa Família pode ter reajuste de 50% ou mais, diz ministro

Valores passarão a ser pagos a partir de novembro

Brasil/Mundo3 dias atrás

“O povo vai reagir em 2022 se não tivermos uma eleição democrática”, diz Bolsonaro

O presidente tem defendido a aprovação do projeto de lei pelo voto impresso auditável

Brasil/Mundo4 dias atrás

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da Lei Geral de Proteção de Dados também deve frear a oferta de crédito a...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Brasil ultrapassa marca de 60% da população vacinada com primeira dose contra Covid-19

São mais de 96 milhões de pessoas, das 160 milhões com mais de 18 anos, que receberam a primeira dose...

Brasil/Mundo5 dias atrás

Olimpíadas de Tóquio têm medalhas feitas por designer japonês

Junichi Kawanishi foi o vencedor de um concurso com 400 participantes

Brasil/Mundo6 dias atrás

Entidades e mais de 50 juristas assinam carta em defesa da indicação de André Mendonça ao STF

Texto mostra que um jurista evangélico também pode assumir uma cadeira na Suprema Corte