Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Exame destaca ‘delírio’ do BRT em Palmas : “Contribuinte vai pagar a conta”

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

1bb620b2787fee1603a2c63a04934dd7Prefeito Carlos Amastha apresentando o Projeto BRT. Foto: Reprodução

Reportagem da revista Exame destaca o polêmico projeto do BRT de Palmas que foi considerado ilegal pela Justiça Federal no início de maio.

O jornalista Leo Branco, diz na reportagem que o BRT (do inglês Bus Rapid Transit), alternativa de transporte público relativamente barata de implantar, ou corredor de ônibus, está virando moda no Brasil.

Metrópoles como Curitiba e Recife já adotam o sistema e há outros 59 projetos em andamento no país. Alguns são controversos, como o de Palmas, no Tocantins. Se depender da prefeitura, em breve os 270 mil moradores da cidade terão à disposição um BRT capaz de levar por hora 90 mil passageiros — um terço da população da cidade.“, diz ele.

A matéria destaca ainda o número de pessoas que usam hoje o transporte público em Palmas – 90 mil, número pequeno para a capacidade do BRT, enfatiza.

Orçado em 500 milhões de reais, metade com recursos da União, o projeto prevê uma nova pista no canteiro central da principal avenida da cidade, a Teotônio Segurado, que tem oito faixas. “Nunca vi engarrafamento por lá”, diz a procuradora Renata Baptista, do Ministério Público Federal, autora de um pedido para barrar o uso de verbas federais na obra. “O superdimensionamento é claro.”, diz o trecho final da matéria.

O bloqueio das verbas foi proposto em Ação Civil Pública pelo Ministério Público Federal (MPF). Conforme o órgão, o BRT foi superdimensionado. Para justificar a necessidade de um projeto desse porte, a prefeitura teria apresentado dados inverossímeis sobre a quantidade de usuários. O município informou que Palmas tem 89 mil passageiros por dia.

“Tal demanda é superior à da cidade de Paris, na França, estimada em apenas 60 mil passageiros por dia”, disse o órgão. Além disso, na visão do MPF, o modelo escolhido para Palmas é considerado um dos mais caros do mundo.

Se o projeto sair do papel, uma coisa é certa: em Palmas, vai ser difícil alguém reclamar de ônibus lotado.”, finaliza o jornalista.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo2 dias atrás

ANAJURE defende liberdade do colégio batista notificado por vídeo contra a ideologia de gênero

"O vídeo em questão, ainda que expresse discordância quanto às teorias de gênero, não estimula qualquer conduta discriminatória", diz a...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Livro infantil enfrenta a ideologia de gênero: “Elefantes não são pássaros”

"O livro é uma repreensão absoluta à aceitação da transexualidade e ao número crescente de jovens que se identificam como...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Cursos profissionalizantes são aliados na busca pelo emprego

Evento on-line e gratuito vai debater a educação profissionalizante

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pandemia afetou o comportamento de responsáveis por crianças de até três anos em famílias de classe D

Isolamento e crise financeira trouxeram efeitos perversos da desigualdade nas classes mais baixas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Bolsa Família pode ter reajuste de 50% ou mais, diz ministro

Valores passarão a ser pagos a partir de novembro

Brasil/Mundo3 dias atrás

“O povo vai reagir em 2022 se não tivermos uma eleição democrática”, diz Bolsonaro

O presidente tem defendido a aprovação do projeto de lei pelo voto impresso auditável

Brasil/Mundo4 dias atrás

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da Lei Geral de Proteção de Dados também deve frear a oferta de crédito a...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Brasil ultrapassa marca de 60% da população vacinada com primeira dose contra Covid-19

São mais de 96 milhões de pessoas, das 160 milhões com mais de 18 anos, que receberam a primeira dose...

Brasil/Mundo5 dias atrás

Olimpíadas de Tóquio têm medalhas feitas por designer japonês

Junichi Kawanishi foi o vencedor de um concurso com 400 participantes

Brasil/Mundo6 dias atrás

Entidades e mais de 50 juristas assinam carta em defesa da indicação de André Mendonça ao STF

Texto mostra que um jurista evangélico também pode assumir uma cadeira na Suprema Corte