Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Pastor que pisou em bandeira gay será vetado no maior evento evangélico do Chile

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

 

O pastor Javier Soto ficou famoso em todo o mundo ao usar a bandeira do movimento LGBT como “pano de chão” durante um programa de TV no Chile. Por não aceitar retirar a bandeira dos pés, ele preferiu deixar o programa e ficou mundialmente conhecido por “ter sido expulso” da atração apresentada por um homossexual.

Por conta de sua insistência em tratar do assunto e se opor à agenda gay, ele sem recebido críticas dos simpatizantes, do movimento LGBT e também das igrejas evangélicas de seu país.

Tanto que a Catedral Evangélica do Chile não irá permitir que Soto participe do Tedeum Evangélico, o maior evento religioso do país que será realizado em setembro.

Polêmico, o pastor preferiu deixar um programa de TV do que guardar a bandeira gay onde ele pisava

O Tedeum é um evento tradicional feito pela Catedral Metropolitana de Santiago que celebra o final do regime militar naquele país. Trata-se de uma cerimônia ecumênica de ação de graças pela volta da democracia no Chile.

Ao que parece, a Catedral Evangélica realiza um evento exclusivo para protestantes seguindo a tradição chilena de comemorar o fim da ditadura. Mas nesta festa Soto não será bem-vindo. Eduardo Duran, porta-voz da Catedral Evangélica, declarou que o posicionamento do pastor Soto vai contra a “missão pastoral do mundo evangélico”.

“O mundo evangélico nada tem a ver com pessoas fanáticas que de forma violenta e ofensiva pretendem evangelizar os outros”, declarou Duran. “Na minha opinião, o pastor Soto é uma preocupante expressão de intolerância, que busca amparar na Bíblia a agressão e discriminação”.

A não participação do pastor polêmico é uma forma de mostrar que ele não representa os evangélicos. “O senhor Soto não representa os evangélicos, nem a seus líderes, nem as organizações cristãs. Os evangélicos creem na convivência respeitosa entre as pessoas e a visão do senhor Soto se coloca na margem desta condição”, declarou.

A nota também afirma que não há provas de que ele seja pastor, pois não consta formação teológica dele e nem ordenação pastoral por alguma denominação. Com Informações PubliMetro.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo15 horas atrás

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da Lei Geral de Proteção de Dados também deve frear a oferta de crédito a...

Brasil/Mundo16 horas atrás

Brasil ultrapassa marca de 60% da população vacinada com primeira dose contra Covid-19

São mais de 96 milhões de pessoas, das 160 milhões com mais de 18 anos, que receberam a primeira dose...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Olimpíadas de Tóquio têm medalhas feitas por designer japonês

Junichi Kawanishi foi o vencedor de um concurso com 400 participantes

Brasil/Mundo3 dias atrás

Entidades e mais de 50 juristas assinam carta em defesa da indicação de André Mendonça ao STF

Texto mostra que um jurista evangélico também pode assumir uma cadeira na Suprema Corte

Brasil/Mundo3 dias atrás

Número de mortes registradas por dependência alcoólica aumentou em 2020

Dados do Ministério da Saúde revelam que houve aumento em 18,4% dos registros de mortes comparado ao ano de 2019

Brasil/Mundo3 dias atrás

Argentina permite o gênero X em carteiras de identidade e passaportes

Medida visa incluir pessoas não binárias, isso é, que não se identificam como homens e nem como mulheres

Brasil/Mundo6 dias atrás

Israel fará testes com vacina em pílulas contra Covid-19

A vacina Oravax é projetada para atingir três proteínas estruturais do vírus, em vez da proteína de pico único direcionada...

Brasil/Mundo6 dias atrás

Por não reconhecer Israel como país, judoca da Argélia se nega a lutar contra israelense

Para os islâmicos, enfrentar um atleta israelense é reconhecer o país e muitos se negam a fazê-lo

Brasil/Mundo6 dias atrás

Roberto Jefferson dispara contra embaixador da China no Brasil: “Pilantra que articula contra o governo”

No Twitter, Jefferson chamou o diplomata de “vagabundo que a China mandou para o Brasil”

finanças finanças
Brasil/Mundo6 dias atrás

62,5 milhões de brasileiros estão inadimplentes, aponta estudo da Serasa

Serasa realiza a ação "Limpa Nome" que permite negociar dívidas com até 99% de desconto