Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

Pressionada, Cármen Lúcia pode renunciar à presidência do STF

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

Cármen Lúcia está na presidência do STF

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), pode renunciar ao cargo diante da pressão que vem sofrendo para pautar a ação que definirá se, após a condenação em segunda instância, um réu pode ou não ser preso.

A pressão acontece por conta do julgamento do ex-presidente Lula que já foi julgado em segunda instância e espera não ser preso para poder concorrer às eleições presidenciais pelo Partido dos Trabalhadores.

Quem revelou o impasse no STF foi o ministro Celso Mello, declarando que na semana passada faltou pouco para que algum ministro apresentasse uma questão de ordem que poderia levar ao novo julgamento das ações que tratam do tema mesmo sem Cármen Lúcia pautá-las.

Como presidente, Cármen é quem determina as pautas que serão julgadas pelos ministros e há uma forte pressão para que ela coloque a ação sobre este assunto. “A questão de ordem seria para que ela (Cármen Lúcia) designasse dia para o julgamento”, disse o ministro Marco Aurélio Mello.

Como relator de duas ações que precisam dessa discussão, Mello declara que “o impasse não atende aos interesses institucionais”. Segundo o decano, a divergência entre os ministros não é saudável para os trabalho. “Não se tem almejado segurança quando os próprios integrantes do Supremo divergem em decisões. Isso gera uma perplexidade muito grande.”

Lula com medo da cadeia

O STF já tem uma decisão, por 6 votos a 5, que autoriza a prisão após condenação em segunda instância. Mas os advogados do ex-presidente petista instite que a prisão deve acontecer após o trânsito em julgado no STF.

Com a possibilidade de prisão de Lula, Cármen Lúcia vem sendo pressionada para definir a pauta e assim os ministros venham a decidir sobre o caso. A presidente do STF já declarou que não irá colocar o assunto em discussão. Ela foi nomeada a ministra em 2006 com indicação de Lula, e é presidente do STF desde setembro de 2016.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo9 horas atrás

Governo de Rondônia proíbe ‘linguagem neutra’ nas escolas

Os professores e instituições poderão ser punidos se não obedecerem

Brasil/Mundo14 horas atrás

Moraes determina prisão preventiva e extradição de Allan dos Santos

Blogueiro bolsonarista é alvo do inquérito que apura a divulgação de notícias falsas

Brasil/Mundo15 horas atrás

Covid-19: 20 milhões de brasileiros estão com a segunda dose da vacina atrasada

Índice de pessoas completamente vacinadas contra a doença já teria passado dos 80% do público-alvo, caso não houvesse atraso na...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Governo Federal anuncia o Auxílio Brasil de R$ 400 até o final de 2022

O número de beneficiários será ampliado em relação ao Bolsa Família e deve chegar a 16,9 milhões de famílias

Brasil/Mundo2 dias atrás

Inscrições para cursos gratuitos do Google encerram nessa sexta (22/10)

As capacitações são na área de tecnologia e começam nesse ano

Brasil/Mundo3 dias atrás

Censura: Instagram retira ‘recurso de links’ de perfis conservadores

Internautas falam de perseguição política e tentativa de censura

Brasil/Mundo4 dias atrás

Lego anuncia brinquedos sem gênero para influenciar crianças “contra o preconceito”

Para a marca, acabar com o “estereótipos nocivos” vai ajudar as crianças a não serem preconceituosas

Brasil/Mundo4 dias atrás

Por reclamarem de banheiro coletivo unissex, Joana Prado e Vitor Belford perdem patronício

A empresa foi pressionada por internautas para romper contrato com o casal; usuários da rede alegam de "transfobia"

Publicidade